A Tradição e a História da Maçonaria e do Satanismo

Saudações leitores!Tradição Maçonaria e Satanismo

Esse será um Post rápido para apresentar a nova Série de Posts do “Maçonaria e Satanismo” que será “A História e a Tradição da Maçonaria e do Satanismo”.

Como você já deve ter imaginado, cada Categoria (“Maçonaria” e “Satanismo”) irá tratar da própria história e tradição.

O motivo de eu ter colocado também a “Tradição” é que irei tratar de elementos que fazem parte da Maçonaria ou do Satanismo sem que tenha qualquer relação direta com a tradição que estiver sendo abordada.

Pode parecer estranho que esse elemento (seja ele qual for) esteja ali, de alguma forma, mas os motivos para isso podem ser muitos. O elemento/símbolo em questão poderia estar ali apenas por ter sido inserido aleatoriamente; por ter um significado relevante para quem o inseriu ali; por terem achado que tinha alguma relação “milenar” com a instituição e etc.

O que não deve acontecer é confundirmos a História com a Tradição. Entretanto, quando a devida separação (sobre “o que é o que”) é feita, não vejo problemas nesse conhecimento.

Aproveito a oportunidade para recomendar o Post “Maçonaria Milenar”, que irá esclarecer um pouco mais essa questão da Tradição.

Para tornar a leitura mais interessante, provavelmente não irei seguir uma ordem cronológica (apesar de, no final das contas, ter passado por todas as épocas que considero necessárias).

Essa Série deveria ter vindo depois da Série “Os Caminhos Dentro da Maçonaria e do Satanismo”, porém, acabei deixando-a para depois por motivos estratégicos. Como o Blog leva o nome de Maçonaria e Satanismo, muitas pessoas entravam aqui achando que iriam ver algo sobre a relação da Igreja com a Maçonaria (quando vinham procurar sobre Maçonaria) e achavam que iriam encontrar “críticas” sobre a Inquisição para justificar um ataque a Igreja Católica (quando vinham procurar sobre Satanismo). Quanto a essa última questão, alguns até se decepcionaram um pouco ao descobrirem que a Inquisição não foi bem como muitos imaginavam (mas pelo menos a informação deve ter servido para alguma coisa – eu espero).

Devido a isso, a Série que se encerrou já estava nos planos, no entanto, era para ter vindo depois.

Em outras palavras, quem já conhece um pouco dos dois temas propostos pelo Blog já imaginava que veria aqui um conteúdo que tratasse dos absurdos que já foram ditos (e alguns que ainda são) acerca da Maçonaria e do Satanismo. Por essa razão, tivemos essa Série (para falar da relação com a Igreja) e, também por isso, a próxima Série (após o término dessa) irá falar da “Antimaçonaria”.

A ideia é que a Série da Antimaçonaria seja a última. O motivo para acabar é que existem muitos Posts que não se encaixariam em nenhuma Série (caso fossem abordados) e também porque a minha maior necessidade era abordar aquilo que eu considerava essencial para esse Blog (que eu imaginarei já ter realizado quando a 5ª Série estiver terminada).

Dessa forma, o que deve acontecer futuramente é que o Blog tenha vários Posts isolados e pequenas Séries (quando for necessário).

PS: Aproveito para avisar que o Blog entrará de férias nesse mês de Janeiro mas estará de volta em Fevereiro. Até lá!!!

This entry was posted in Maçonaria. Bookmark the permalink.

7 Responses to A Tradição e a História da Maçonaria e do Satanismo

  1. Pierre says:

    Vamos ficar no aguardo. Parece que será bem interessante.

  2. Victor Mantovani says:

    Obrigado Admin pelos post e boas férias !

  3. Paulo Ricardo says:

    Boas férias, meu caro!

  4. Fabíola says:

    Não dê a satanás a glória que ele nunca teve e nunca terá!

  5. BOLODÓROS says:

    Prezado(s)

    Em minha simplória capacidade de compreensão. Torna-se para mim, uma crítica negativa quase que impossível diante de um bigode a bigode, já que utilizo métodos de dialogo e de raciocínio onde negar ou acusar não vem ao caso. Preciso ouvir o outro lado e isso já me basta. Normalmente os donos da verdade são muitos. E isso me torna até certo ponto um solitário, já estou aberto a todo tipo de novas idéias, menos queimar o anel, é claro, principalmente o meu porque me é justo. O que gosto do masson se posso falar de maçonaria é que eles não são falsos moralistas, eles falam de comer o brinquedinho, palavrão e tudo mais, já não conheço satanistas declarados, sei que gostam de mulheres peladas em seus rituais. Bem que diferença faz de um católico que em portas fechadas e escondido vê todo tipo de pornografia e se diz santo?

    Fiz uma mescla de maçonaria, satanismo, budismo, cristianismo, mormonismo, e tudo que me veio a mente superficialmente e criei minha própria religião. Obrigado pelo site por me dar de mãos dadas ajuda.

    Pra mim todo tipo de nomes que é me dado, como por exemplo, profano, neófito, incrédulo, infiel, desviado, etc………..Enfim, no meu trabalho sou conhecido também como filho do capeta. já que sou um luciferiano, satanista declarado. E isso para mim é tudo motivo de brincadeira e não ligo a mínima para as mentes doutrinadas pelo criador a ser como é. Pelo jeito o criador deste mundo, impõe coisas para que alguns humanos passem na peneira evolutiva. É o teste, afinal sem teste não há resultado. Sem prática empírica não se pode provar a ciência a fundo. Enfim resultados práticos. Acho que o criador esta muito satisfeito que eu não precise de verdades, pois posso ver com meus próprios olhos. E o que não sei ele não me responde. Então.

    Você que é masson seja feliz, vocÊ que é satanista seja feliz, PROBLEMA SEU, SORTE A SUA…

    Alienigenas vieram me falar algumas bostas e sabe o que eu disse pra eles? VAI TOMA NO. …. E CAI FORA. OBS. SORTE A MINHA QUE NÃO ME MATARAM.

    Bom esta do jeito que esta. Livros, net, minha propria pesquisa, a meu tempo, sem pressão sem prazos para entrega de materiais. Sem ter o fardo de levar o nome de instituição nenhuma nas costas. LIVRE LEVE SOLTO. NADA PRA FALAR CONTRA NEMA FAVOR DA MAÇONARIA NEM DO SATANISMO PORQUE ME OFENDEM DE PROFANO SEM CONHECER MINHAS VIRTUDES AS QUAIS INSULTO DELIBERADAMENTE A FIM DE INCOSCIENTEMENTE CONHECER MELHOR MINHA NATUREZA.

  6. CRIS says:

    Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.
    Romanos 5:8
    Jesus levou sobre si nossas dores, Jesus foi “Homem de Dores”. Ele sabe o que é se sentir deprimido e decepcionado, Ele sabe o que é ser abandonado, covardemente traído, injustamente acusado.

    Acredite. Não o Jesus da religião e nem o Jesus dos religiosos, mas no Jesus da Bíblia, o Jesus que cura, o Jesus que faz milagres, o Jesus QUE NÃO ESTÁ PRESO NO MADEIRO, POIS NEM A MORTE PODE DETÊ-LO.

    Ele quer sarar sua visão de quem És de verdade, e quer sarar sua visão da própria vida.

    Ele quer deixar de ser apenas um personagem religioso, de ‘histórias em quadrinhos’ e ser seu Salvador Pessoal, ser seu Refúgio, seu Conselheiro, seu Mestre…
    Acredite, há saída para você!!
    Que estas palavras possam fazer morada em seu coração e a diferença em sua vida!
    Busque uma igreja, onde pregue a PALAVRA DE DEUS, sem destorções, sem acrescentar nem tirar, para que aprenda mais do Senhor e viva em comunhão com o corpo de Cristo

  7. BSD says:

    Outro aspecto comum, tem-se os esforcos positivos na maconaria e no judaismo para encorajar o aprendizado. A cultura judaica tem uma larga tradicao de impulsionar o maior numero de judeus a se notabilizar pelo conhecimento nas artes , na literatura , na ciencia , na tecnologia , nas profissoes em geral.

Leave a Reply to Fabíola Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>