Maçonaria Espiritual

Espiritualidade na MaçonariaFinalizando a proposta de dividir a Maçonaria em três caminhos, hoje falaremos da Maçonaria Espiritual, um tema que – na grande maioria das vezes – gera muita discussão.

Primeiramente, falamos sobre a Maçonaria Social, que envolveu a atuação da Ordem externamente – ou seja, com relação à sociedade.

Tratamos também da Maçonaria Filosófica, que era o processo interno, a ideologia que é aprendida dentro da Ordem – e que merece a devida reflexão.

Antes de começar, para os que não estão muito familiarizados, é importante saber que o Simbolismo é parte importantíssima da Ordem. Além da ideologia que já vem expressa de forma escrita, em nossos Rituais, todo o resto é ensinado através do entendimento de cada Símbolo.

Alguns preferem se limitar ao significado pragmático dos símbolos. Nesse contexto, a dificuldade se dá em buscar documentos que possam esclarecer cada um deles. Quando se encontra, passa-se a ter o entendimento de como que o Símbolo foi inserido dentro daquele contexto e assim temos nossa explicação histórica do símbolo, dentro da Ordem.

No entanto, os Símbolos em si representam muito mais do que isso. Eles não só são capazes de trazer diversos outros conhecimentos para o Iniciado (referentes a outras civilizações e culturas) como também servem de “recurso didático”, com relação as nossas virtudes e ideais.

Todavia, eu compreendo quem prefere evitar isso, afinal, não são poucos os maçons que se perdem em divagações – mas isso é assunto para outra hora.

Simbolismo Místico-Ocultista

O que nos interessa, nesse momento, são os símbolos e as práticas litúrgicas que nos remetem as questões místico-ocultistas.

Nossos símbolos podem ser encontrados em diversas culturas e nas antigas “escolas de mistério”. Se estudarmos esses símbolos, de forma profunda, nosso conhecimento, acerca dessas “mistérios”, será bem mais claro.

Concordando ou não, será uma grande fonte de conhecimento. Alguns veêm tudo isso como um grande quebra-cabeça, onde todas essas regras são aplicadas no mundo espiritual.

O mesmo também acontece com algumas de nossas práticas litúrgicas, onde determinada movimentação (e/ou atuação) poderiam ser interpretadas como proveniente de uma “religião x ou y”.

Ocultismo na Ritualística

Pode estar parecendo, mas eu não vim aqui defender qualquer corrente de pensamento ocultista, em específico. Muito menos defender que toda prática “ocultista”, que possa ser referenciado na Ordem, é real.

A grande questão aqui é, podemos admitir esses conceitos como verdadeiros? Bem, se anteriormente você já acreditava, ou admitia como verdade, a corrente que estiver sendo apresentada na Ordem, não há porque você achar que ela não é verdadeira, dentro da Loja.

Qualquer procedimento análogo a alguma corrente religiosa, por exemplo pode ser entendido como tal, por aquele que o pratica.

Se o Maçon é de uma religião espiritualista, cuja as velas tem efeitos metafísicos (que variam de acordo com a cor e o horário em que elas são acesas) não há porque ele achar que, se feito em Loja, aquele efeito não existirá.

Durante os muitos graus (dos diversos ritos) vão haver práticas relacionadas a diversas religiões, da mesma forma como vão haver, igualmente, alguns materiais ritualísticos, que serão utilizados nesses graus, que poderão ter essas mesmas relações.

O que costuma acontecer é que os Ocultistas são pessoas preocupadas com os “efeitos metafísicos práticos”, portanto, não costumam se importar em que religião ou doutrina aquela prática se encontra e acabam por admitir toda aquela estrutura como sendo parte do “universo ocultista” (e é por isso que existe uma literatura tão rica, com relação a isso, na Ordem).

Aos maçons que apenas procuram conhecer, por curiosidade, ou, para os que preferem não tratar desses assuntos, podem deixar de lado, não há qualquer problema com relação a isso.  A obrigação do Maçon é com a Virtude e não com possíveis questões metafísicas.

Gnose e Egrégora

Independente das questões particulares, que envolvem os símbolos e utensílios ritualísticos, existem dois temas de grande importância para os que estudam o ocultismo na Ordem. Se trata da Gnose e da Egrégora.

São importantes porque não se trata de uma prática ou interpretação isolada, mas sim da consequência espiritual de nossas cerimônias, como um todo.

***

Egrégora é uma expressão que, segundo Rizzardo, começou a ser usada no Brasil, com freqüência, por volta dos anos 80 – através da própria Maçonaria.

A Egrégora, para resumir – e não ter que dar exemplos enormes, como os do Rizzardo – pode ser entendida como “o conjunto de pensamento que visa um objetivo central”.

E porque o pensamento teria esse poder?

Segundo as três maiores correntes de pensamento místicas (a Teosofia, o Martinismo e o Rosacrucianismo),  tudo o que você pensa é projetado em um “mundo” chamado “Plano Mental”, onde tudo que é produzido pela mente existe. A partir daí, seria possível trazer essas idéias para o “Plano Astral”, que é o Plano onde existem as energias e os espíritos. Ele, teoricamente, está sobre o “Plano Físico” (onde estamos agora), mas só seria possível enxergá-lo através da Mediunidade.

Me faço entender?

[Se você já é ocultista, ignore essa explicação pouco detalhista. Ela é direcionada para quem nunca ouviu falar sobre o assunto e precisa entender questões complexas nesse pequeno espaço.]

É em virtude disso que todas as Cerimônias Ritualísticas, feitas incessantemente, produziriam um efeito no Astral, criando essa Egrégora, que fortalece todos os Maçons e os ajudam a ter mais forças para praticar a virtude.

***

A Gnose (excluindo as correntes de pensamento que se auto-denominam assim) tem haver com o conhecimento através da iluminação. É simples, é pura intuição ocultista.

Através da iniciação o Maçon seria submetido a um processo que facilitaria o seu conhecimento “natural” com relação a questões da Ordem.

Vou dar um rápido e simples exemplo.

Imagine que a meditação sobre um símbolo te traga informações que você nunca teve e que apareceram, na sua mente, como um “insight”. Digamos também que, ao buscar informações sobre aquilo que veio a sua mente, você assustadoramente, vê que a informação estava correta – sem você nunca ter ouvido falar daquilo antes.

A Gnose, em teoria, é o processo que permitiu que isso acontecesse e que teria sido facilitada quando utilizada dentro do universo maçônico.

O exemplo também poderia ocorrer enquanto você lê um livro sobre o assunto e surge uma pergunta cuja resposta aparece, prontamente, na sua mente – logo após ser feita.

Enfim, esses são apenas exemplos simples, para ilustrar. Acho que foi possível esclarecer o que seriam essas “aberturas de portais”, para o iniciado.

Como eu disse acima, ambos são consequências das cerimônias ritualísticas, que permitiriam a criação (e manutenção) de uma Egrégora para a Ordem e que abriria os “portais da intuição” para aquele que passa por essa cerimônia.

Finalizando…

Ainda existe muita rejeição, em Loja, de questões como essas, mas devo dizer que não vejo motivo para tal – e esse Post tentou explicar um pouco disso.

Não existe motivo para alguém dizer: “Não acredito nessas coisas”. Acreditar ou não é completamente irrelevante nesse processo.

Essa análise é feita para a relação da ritualística com o universo místico-ocultista. Se você apenas tem a sua crença no Grande Arquiteto e não tem qualquer concepção metafísica além dessa, receba essa informação apenas como o conhecimento acerca dessas correntes de pensamento ocultista.

Particularmente, penso que fazer uso da palavra para comentários acerca da insatisfação com esse tipo de “instrução” apenas faz com que você – e os demais que estiverem presentes – gastem um valioso tempo.

Há mais de dois séculos que já existe uma literatura maçônica riquíssima com relação ao Ocultismo e Misticismo na Ordem. Se você não a conhece, aproveite essa oportunidade (quando o tema aparecer em Loja) para conhecer.

 

Veja Também

Maçonaria Milenar?
Maçonaria Social
Maçonaria Filosófica
Maçonaria Espiritual
Maçonaria e a Filosofia da Virtude
Maçonaria e o Simbolismo Universal
Maçonaria e Psicologia
Maçonaria – “Você Entendeu?”
This entry was posted in Maçonaria. Bookmark the permalink.

31 Responses to Maçonaria Espiritual

  1. Victor Mantovani says:

    Olá Admin.

    Eu sempre tive duvidas em relação a parte “esotérica” da maçonaria e vc realmente deu uma esclarecedora explicaçao. Existem mais coisas que vc nao teve tempo de colocar no texto ou a parte espiritual é só para ligar o maçon a egrégora ?
    Dúvida besta de quem é leigo.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Depende do que exatamente você quis dizer.

      [Se você está se referindo aos "efeitos metafísicos"] Sim, a “parte espiritual” só está realmente relacionada a Gnose e a Egrégora. Mas isso não quer dizer que seja algo simples ou pequeno. Dentro desses procedimentos ocorrem todo o processo conhecido como “Magia Cerimonial”.

      No entanto, se você está se referindo ao “conhecimento de natureza espiritual”, existe bem mais do que isso. Afinal, são centenas de Símbolos (como eu já comentei, nesse próprio Post) cujo o estudo aprofundado pode ensinar muito sobre as Leis Espirituais.

  2. Paulo Ricardo says:

    Boa Tarde, Fraterno Ir.’.

    É a primeira vez que comento, mas já acompanho seu blog a algum tempo e devo agradecer pelo quanto eu já aprendi e o quanto seus textos já me incentivaram a pesquisar mais sobre as questões da nossa nobre arte. Esse texto deveria ser lido por todos os nossos Irmãos que já vivem a Maçonaria por décadas mas que ainda estão presos aos “velhos conceitos”. Vou passar esse texto para todos os irmãos de minha loja por considerar esse o seu artigo mais importante desse blog.

    Que o G.’.A.’.D.’.U.’. continue a iluminar os seus passos nessa jornada.

  3. Caibalion says:

    Sensacional o texto.

  4. Neófito 78 says:

    Já que você mencionou uma riquíssima literatura…vai ter um post com bibliografia?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Terá sim. E vou aproveitar para apresentar essa Literatura que está mais voltada para essas questões.

  5. gabriel says:

    então,minha vó dizia,q vcs maçonicos são adoradores do diabo,e aqui na minha cidade,tinha reuniões secretas q envolviam experiencias humanas,e fetos e etc,…e depois de muito tempo,fui pesquisar,e vi que minha vó é uma tremenda de uma velha raquitica q inventou esse monte de mentira só pra eu me assustar e ter medo de uma coisa que é normal,.porem uma duvida,por que as pessoas que frequentam esse tipo de união secreta, são a grande maioria ricos,ou donos de grandes lojas e estabelecimentos?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Meu caro,

      A “grande maioria” não são “ricos,ou donos de grandes lojas e estabelecimentos”. Já respondi isso em algum comentário desse Blog, mas volto a dizer: Não sei porque as pessoas ainda insistem em dizer isso.

      Se você pegar um quadro de loja (com uns 60 membros, por exemplo) verá que a minoria tem essas características. Exceto – e também já disse isso por aqui – algumas raríssimas lojas onde realmente a maioria de seus membros são “magnatas”. Mas isso só acontece porque eles, no geral, estão nesses círculos, portanto, são as pessoas que eles convivem e podem avaliar se são membros aptos, ou não, para fazer parte da Ordem.

  6. Leonardo R. A. says:

    Muito interessante este lado da Maçonaria.

    Gostaria de encontrar uma loja ou grupo que tivesse esse lado como imprescindível na evolução de seus membros, pois eu mesmo preciso de ajuda para evoluir em alguns destes aspectos.

    Ao meu ver, evoluir moralmente(Virtudes), socialmente(Caridade e outros), mentalmente(Inteligência, sabedoria, conhecimento geral, conhecimento acadêmico, conhecimento oculto), fisicamente(Sem explicações), energeticamente( Ki”Chi”, Aura, Magnetismo, entre outros), mas não evoluir “espiritualmente” me parece como fazer um bolo sem colocar um dos ingredientes, pode até ficar bom mas não ficará perfeito e talvez, dependendo do ingrediente, pode até “solar” o bolo (Acho que é este o caso).

    Será que me fiz entender?

    E a evolução e aperfeiçoamento dos membros é o objetivo não é? Alias deveria ser de todo ser humano…

    Novamente meu amigo, tenho que admitir, fantástico seu post. Quando acho que você não tem como melhorar me surpreendo novamente.

    Se um dia eu conseguir escrever em meu blog com 20% de sua qualidade de conteúdo, didática e simplicidade, estarei muito satisfeito..

    Grande abraço.

    Ps.: Imagens muito bem selecionadas também.

  7. Sérgio Pacca says:

    Caro Sr. Admin.:
    Gostaria de saber sobre a possibilidade de uma Palestra ‘branca’ em nossa Oficina. Naturalmente, detalhes, em caso de possibilidade, poderão ser acordados em meu endereço de e-mail supra. Penso que, não apenas os profundos pareceres sobre a maçonaria poderiam ser abordados, mas, igualmente, outros que pudessem ser antecipadamente escolhidos, uma vez que nossa Loja é de cunho esotérico, e não tememos as faces da Verdade. Muito menos julgamos visões diversas das nossas. Aguardo ansiosamente vosso contato.
    Fraternalmente,
    Sérgio Pacca .’.

  8. Carlos says:

    Prezado Admin.

    Estou acompanhando o seu blog a duas semanas. O conheci por intermédio do TdC e iniciei o lendo do primeiro post até o mais atual.
    Quero agradecer pelo conhecimento passado, bem como a bela maneira que o faz.
    Estou muito feliz em encontrar este blog, pois tenho a oportunidade de aprender mais deste universo.

    Um fraternal abraço,
    Carlos

  9. Jonathan Tomaz... says:

    Bom;
    Amo estudar o que me interessa aqui no seu site. Porém como gosto muito de estudar a parte maçônica, como posso aprofundar em um estudo majestoso e com riqueza sem ser maçom…
    Conheço 2 maçons! Será que posso pedir a eles para me ingressarem na maçonaria ou não?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Você precisa ser indicado por um Maçon para poder entrar. Converse com algum deles e demonstre seu interesse.

      O melhor estudo que se pode fazer, na minha opinião, é buscar as respostas de tudo o que você encontra dentro da Ordem.

  10. Guilherme says:

    Olá,

    Parabéns o site é magnifico.

    Eu tenho alguns desejos e estou um pouco sem rumo, tentei procurar ajuda na grande loja do Paraná mas acho que acabei assustando os maçons daqui.

    Sou fascinado pela maçonaria mais também tenho uma grande vontade de me iniciar no satanismo, é como se fosse um imam, essas duas ordens me chama.

    Gostaria de saber a sua opinião sobre, acha que isso pode ser mal interpretado pelos demais membros?

    O deus Lucifer me aceitaria nas duas ordens?
    agradeço.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssimo,

      Após ler a frase “deus Lúcifer me aceitaria nas duas Ordens?” eu recomendo, FORTEMENTE, que você leia TODOS os outros Posts do Blog.

  11. Franco-Atirador says:

    Maravilhoso! Com certeza um dos melhores posts do blog, explicando todo esse lance de rituais que é um pouco difícil do pessoal entender.

    Você falou sobre o inconsciente coletivo, de Carl G. Jung, que é a mesma coisa que os Arquivos Akáshicos, certo? Não só os criadores/mantenedores de uma egrégora mas qualquer outro (se tiver habilidade para tal) pode acessá-la, em qualquer lugar no espaço-tempo. Conhecimento profundo e sublime. Imaginei mesmo que poucas lojas devem dar a devida atenção a isso, o que é triste, pois é um dos conteúdos mais ricos, como toda parte esotérica, e é isso que se deve perder (discussões e reflexões) quanto se admite membros radicais, fanáticos, ignorantes… Mas enfim, o que importa é a virtude, não é? Então deve ser dada a oportunidade desses homens aprenderem, contudo a decisão é deles.
    Quanto mais aprendo, mais aumenta minha admiração pela Ordem.

    Duvida: poderia nos dizer como é feita a graduação dos irmãos (se segue um ritmo de tempo, se há uma medição)

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssimo,

      Um tempo mínimo é exigido, da mesma forma que também é exigido um pequeno trabalho para ser apresentado. No entanto, não é muito rigoroso (principalmente se levarmos em conta a “riqueza” de conhecimentos que pode ser encontrado dentro da Maçonaria).

  12. Meu sonho sempre foi ser convidado por um membro, mas é muito difícil entrar, fico fascinado com a cultura, de querer explorar o conhecimento, pena que isso é pra poucos :(

  13. Júnior says:

    A maçonaria é uma das sociedades que melhor domina o sobrenatural. Para eles espírito é maior que a matéria. Quando alguém é iniciado ele próprio de livre e espontânea vontade faz um juramento. Sendo assim o maçom nunca pode perjurar. Milhares de maçons ao longo da história foram afastados(excluídos) e mesmo no seu leito de morte nunca revelaram absolutamente nada. A maçonaria vai muito alem do físico e da matéria. Por esse motivo que nunca alguém revelou algo comprometedor. Não adianta estudar entidades secretas, maçonaria Etc… VOCÊ TEM QUE PENSAR IGUAL AO MAÇOM PARA ENTENDER ALGUMA COISA. Claro que a maçonaria tem uma grande ajuda do sobrenatural. A maçonaria tem muitas legiões invisíveis trabalhando a seu favor. Na maçonaria tem o maçom guardião do selo. Que selo você acha que é? A maçonaria sabe e domina muitos dos segredos e técnicas de SALOMÃO. Por esse motivo que eles admiram tanto SALOMÃO. A maçonaria se tratando de sobrenatural não pede ela ordena.

  14. Júnior says:

    Continuação:
    Tem coisas dentro da maçonaria que o próprio maçom de graus menores ainda não sabe. Tem coisas bem simples que todos nós sabemos, porém nunca praticamos. EX. “Você colhe os frutos que planta.” Meu amigo, não se engane, TODO BEM QUE VOCÊ PRATICA VOLTA NOVAMENTE PARA VOCÊ E TODA MALDADE VOLTA TAMBÉM. Isso não é teoria ou suposição é um fato concreto, acredite. A maçonaria sabe muito bem disto e pratica o bem constantemente. Sei tantas coisas da maçonaria que os próprios maçons duvidariam, pois tenho uma sensibilidade maior que o normal e algumas coisas são reveladas para mim mesmo sem eu querer. Eu tenho um perfil pessoal perfeito para ser um maçom, porém peço a Deus todos os dias para nunca receber um convite da maçonaria, pois sinceramente não sei como iria reagir.

  15. thabata says:

    gostaria de entender uma coisa .

    a maçonaria tem algo relacionada com satanismo ?
    ou não tem nada a ver ?

    desde de já agradeço.

  16. Marcos says:

    Ola Admin, otimo post…..Gostaria de saber se uma pessoa com conhecimento e que siga quase os mesmos costumes da maçonaria poderia entrar em contato com a egregora dessa e se o mesmo acontece com as demais ordens, por exemplo ordem dos templarios.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssimo,

      Em teoria, para “entrar em contato com a egrégora” seria necessário realizar as mesmas práticas.

  17. Jose Andre Nunes de Araujo says:

    gostaria de sabe mais sobre mais

  18. Wilson says:

    Questões Espíritas.

    1)No mundo espiritual ou plano astral vamos encontrar os mesmos seres humanos que encontramos no plano terreno, os espiritos desencarnados são seres humanos sem o corpo fisico eles possuem apenas o perispirito ou corpo astral, da mesma forma que existe pessoas maldosas, ignorantes, viciosas,mentirosas, vingativas no plano terreno, também existe no mundo invisivel, são os espiritos perturbadores e obsessores que formam o astral inferior. O mundo espiritual ou extra fisico é o reflexo do mundo material, a morte (desencarnação) não modifica a estrutura moral e intelectual do espirito que é o ser pensante, continuamos a ser no plano astral aquilo que fomos no plano terreno, exemplos, o bandido encarnado quando desencarna continua como bandido desencarnado, os viciados encarnados quando desencarnam continua como viciados desencarnados, os malandros, os picaretas, os corruptos, os maldosos, os vigaristas, os mentirosos, os fanaticos religiosos quando desencarnam continuam com esses defeitos morais e limitações intelectuais e vão formar o astral inferior, que é um plano de baixas vibrações psiquicas é nesse ambiente que se encontram os espiritos moralmente sujos (espiritos imundos) e esses espiritos inferiores e ignorantes são atraidos por pessoas que cultivam maus pensamentos, vicios, maus desejos, fraquezas morais, uma pessoa de pensamentos elevados, positivos e firmes no Bem e de conduta moral reta, repele vibratoriamente qualquer espirito obsessor, eles não conseguem se sintonizar com essas pessoas, o bem repele o mal, tudo depende das nossas condições morais e mentais.
    Os espíritos desencarnados são seres humanos sem o corpo físico, e os espíritos encarnados estão ligados a um corpo carnal ou físico, essa é a diferença, portanto, os espíritos desencarnados não são seres sobrenaturais e nem divinos, eles são as almas dos homens.
    Os Espiritos Elevados e os Bons espíritos são seres luminosos e eles procuram ajudar as pessoas, intuindo bons pensamentos e dando força moral para fortalecer as pessoas que sabem atrair a assistência deles, por que, uma pessoa que esteja vibrando maus pensamentos, maus desejos, maus hábitos, vícios e tendo atitudes negativas, vai sempre atrair a assistência perniciosa dos espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, os Espiritos de Luz não podem se aproximar de pessoas maldosas, falsas, desonestas, com pensamentos e sentimentos negativos.
    Portanto, vamos concluir que cada pessoa vai atrair uma assistência espiritual positiva ou negativa conforme seus pensamentos e Conduta moral.

    2) O problema das macumbas, centros de candomblé e quimbanda ou centros de magia, vamos analisar somente os princípios e praticas, não estamos julgando e nem criticando pessoas. Vejamos 5 perguntas básicas para nós podermos analisar com calma e critério essas praticas e princípios.
    a) O que vai atrair a assistência luminosa dos Espiritos Elevados e dos Bons Espiritos, despachos, velas, amuletos, talismã, charutos, cachaça, sacrifícios de pobres animais, ou são os pensamentos elevados e puros, os sentimentos nobres, a prece sincera, a conduta moral reta, a pratica da caridade e das virtudes???
    Devemos meditar muito nessa questão, pensar muito, raciocinar muito, para podermos encontrar a luz.

    b) O Mestre Allan Kardec fala em seus luminosos Livros, que o objetivo principal e básico do Espiritismo é a Melhoria Moral e espiritual do ser humano, perguntamos, qual melhoria Moral uma pessoa vai ter usando charutos, cachaça, velas, despachos, sacrificando animais inocentes???
    Devemos meditar muito nessa questão.
    c) Os Espíritos Superiores e os bons Espíritos precisam de velas, incenso, charutos , cachaça, sacrifícios de animais, despachos???
    Devemos meditar muito nessa questão.

    d) Os animais merecem o nosso respeito e o nosso amor, por que, eles são os nossos irmãos menores na escala evolutiva, perguntamos, devemos proteger os animais ou devemos apoiar esses sacrifícios nesses centros de macumbas???
    Devemos meditar muito nessa questão.

    e) J Herculano Pires em seu Livro Mediunidade fala que o movimento espírita deveria se LEVANTAR contra a matança de animais inocentes nesses centros, perguntamos, Herculano Pires esta certo ou errado???
    Devemos meditar muito nessa questão.

    3) Não existe lógica em pensar que os Espiritos Superiores e os Bons Espiritos, vão precisar de velas, charutos, cachaça, despachos e sacrifícios de animais, quem necessita dessas coisas são espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos, e muitos desses espíritos podem ser maldosos, maliciosos, vingativos e mentirosos, devemos tomar muito cuidado nesses assuntos.
    Vamos reconhecer a elevação dos espíritos desencarnados pela sua LINGUAGEM e pelos seus ensinamentos, os Espiritos Superiores e os Bons Espiritos possuem sempre uma LINGUAGEM pura, nobre, lógica, elevada, digna e sublime de moralidade e seus ensinamentos visam sempre a melhoria Moral e espiritual das pessoas, os Espiritos Elevados são virtuosos em seus ensinamentos, eles procuram moralizar, educar, disciplinar e espiritualizar as pessoas, os Espiritos Elevados ou Espiritos de Luz jamais vão tratar de assuntos de baixo nível moral, como, volta da pessoa amada, sorte com as mulheres, melhoria nos negócios, predizer o futuro, revelar tesouros escondidos, indicar formulas para ficar rico, pedir despachos, pedir velas, charutos, cachaça e sacrifícios de pobres animais, quem pedem essas coisas são espíritos desencarnados apegados a matéria e aos vícios terrenos.
    Os espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, possuem sempre uma LINGUAGEM vulgar, pesada, grosseira, maliciosa, agressiva, imoral, ímpia, melosa e sem lógica, portanto, basta analisar a LINGUAGEM dos espíritos desencarnados no campo moral que vamos saber se são Espíritos Elevados ou atrasados.
    A LINGUAGEM é o ponto chave.
    Esses espíritos que se manifestam nesses centros pedindo coisas matérias, como, velas, charutos, cachaça, despachos, sacrifícios de animais, só podem ser espíritos moralmente atrasados e apegados a matéria é um absurdo pensar que Espíritos de Luz vão pedir essas coisas. Basta analisar moralmente as coisas que eles falam e pedem.

    4)Divaldo P Franco disse que esses espíritos que se apresentam nesses centros usando nomes de preta velha, preto velho, caboclos, podem ser espíritos bons mais são espíritos IGNORANTES.
    Espíritos ignorantes.
    Espíritos sem Luz moral e sem conhecimentos, portanto, não podemos confiar abertamente e passivamente nesses espíritos, temos que tomar muito cuidado, existe muitos espíritos desencarnados que são espertos, malandros, maliciosos, sedutores, mentirosos, eles procuram sempre seduzir as pessoas com uma Linguagem suave, doce e melosa, cuidado, são Lobos em pele de ovelhas.
    Divaldo P Franco tem autoridade moral para falar que esses espíritos são ignorantes.
    Uma pergunta, devemos confiar nesses espíritos???
    Allan Kardec nunca mandou ninguém usar velas, incenso, amuletos, talismã, roupas brancas, despachos, exorcismos, imagens, palavras sacramentais, sinais cabalísticos, muito menos sacrificar pobres animais, nada disso existe no Espiritismo não podemos misturar coisas que são diferentes .
    A umbanda não é Espiritismo.
    Quem criou o termo espírita e espiritismo foi Allan Kardec na França, não tem nada haver com cultos afros brasileiros.
    Devemos respeitar todas as Religiões???
    Só podemos respeitar uma Religião quando ela promove o Bem, a Virtude e o avanço Moral das pessoas, perguntamos, sacrificar animais é um ato bom e positivo???
    Sacrificar animais inocentes nesses rituais é um avanço Moral para as pessoas???
    Qual a melhoria moral e espiritual que uma pessoa vai ter usando charutos, cachaça e matando pobres animais indefesos???
    Devemos defender quem os animais que são nossos irmãos menores na escala evolutiva ou essas praticas primitivas de sacrifícios???
    Gostaria de uma resposta racional e não emotiva ou mística.

    Tem pessoas que falam que a umbanda não pratica isso, tudo bem, e os centros de macumbas, candomblé, quimbanda e os centros de magia que praticam isso, devemos, aceitar isso como algo positivo e correto???
    Os animais merecem nosso respeito ou não???
    São questões racionais que muitas pessoas procuram fechar os olhos ate os espíritas.

    5) É pela LINGUAGEM que vamos conhecer a elevação dos espíritos desencarnados, os Espíritos de Luz usam sempre uma Linguagem pura, nobre, digna, elevada,lógica e sublime de moralidade e seus ensinamentos visam sempre a melhoria Moral e espiritual das pessoas, os Espíritos de Luz são Virtuosos em suas comunicações, eles pregam sempre a moralização, educação, incentivando as pessoas a praticaram o Bem, as Virtudes, a Caridade, a Justiça.
    Os espíritos apegados a matéria e aos vícios terrenos possuem sempre uma Linguagem vulgar, pesada, grosseira, maliciosa, ímpia, trivial, agressiva e sem lógica.
    Portanto, basta avaliar o teor moral da LINGUAGEM dos espíritos desencarnados, para avaliarmos o seu estado evolutivo.
    A Linguagem é o ponto chave.
    Uma outra questão muito importante, toda comunicação, mensagens e orientações que venha dos espíritos desencarnados, tem que passar pela Crivo severo da razão e da Lógica para poder ser aceito, só devemos aceitar uma orientação quando ela for eminentemente Racional e tiver um nível Moral elevado, sem isso vamos cair nos processos de obsessão e mistificações.
    Um exemplo, quando um espírito desencarnado atua num centro pedindo velas, despachos, charutos, cachaça e sacrifícios de animais, vamos concluir o que???
    Os Espíritos Elevados e os Bons Espíritos pedem isso???
    Usem o raciocínio para analisar essa questão.

  19. Wilson says:

    O Pensamento e a Sintonia
    Existe uma lei chamada Lei de Sintonia vibratória ou a Lei de afinidade moral que o ser humano pratica com seus pensamentos.
    Essa Lei determina que os iguais se atraem e os diferentes se repelem, cada pessoa conforme seus pensamentos, sentimentos e atitudes, vão atrair bons ou maus espíritos conforme o Padrão Moral desses pensamentos, sentimentos e atitudes.
    Uma pessoa que se entrega aos seus maus pensamentos, maus sentimentos e aos vícios, vai estabelecer sintonia vibratória com espíritos desencarnados que pensam e sentem da mesma forma, ou seja, vai atrair uma assistência espiritual ruim.
    O nosso Pensamento tem que estar canalizado somente para coisas positivas e elevadas, o pensamento se propaga no mundo espiritual ou plano astral através de ondas vibratórias e ele vai sempre estabelecer sintonia com os espíritos desencarnados, pensamentos de ódio, raiva, ciúmes, inveja, egoísmo, falsidade, desonestidade, revolta, medo, hipocrisia, desejos de vingança vai sempre atrair espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, por que, esses espíritos também pensam da mesma forma negativa, os semelhantes atraindo os semelhantes.
    Pelo pensamento entramos em contato vibratório com o plano astral e os espíritos desencarnados, podemos dizer que os espíritos se comunicam entre si pela irradiação dos pensamentos ou vibrações mentais, portanto, os espíritos desencarnados podem conhecer e ler nossos pensamentos, e os espíritos obsessores podem com isso descobrir nossos pontos fracos.
    É por isso que devemos cultivar pensamentos elevados, nobres e firmes no Bem, para podermos estabelecer sintonia com os Espiritos de Luz e afastar os espíritos das sombras, tudo depende das nossas condições morais e mentais.
    O Pensamento cria correntes fluídicas entre o plano espiritual e o plano material, e nessas correntes fluídicas vamos ter um canal aberto com o plano astral.
    Para resumir, o ser humano com seus pensamentos vai estabelecer sintonia vibratória com os espíritos desencarnados, pensamentos de raiva, ciúmes, medo, revolta, falsidade, egoísmo vai atrair espíritos que pensam e sentem da mesma forma, portanto, temos que disciplinar nossos pensamentos somente em coisas boas e positivas.
    Ler bons livros, ouvir boas musicas, manter contato com pessoas de boa formação moral, cultivar a prece sincera e ter pensamentos elevados e positivos, é a melhor forma de elevar o padrão vibratório dos pensamentos.

    O problema da Obsessão
    O Mestre Allan Kardec em seus livros, fala que são as nossas imperfeições morais que atraem os maus espíritos.
    Essas imperfeições morais são basicamente os maus pensamentos, os maus desejos, os vícios, os maus hábitos e as atitudes negativas.
    Cada imperfeição moral é uma porta aberta para os maus espíritos.
    Allan Kardec explica: assim como as moscas farejam as chagas do corpo, os maus espíritos farejam as chagas morais da alma, para afastar as moscas basta limpar nosso corpo de suas impurezas físicas, para afastar os maus espíritos temos que Limpar nossa alma de suas impurezas Morais, vamos concluir, que é na Limpeza Moral que esta a melhor defesa psíquica contra os maus espíritos.
    Essa Limpeza Moral consiste em:
    a) combater os maus pensamentos e os maus sentimentos
    b) combater os Vícios e os maus hábitos
    c)cultivar a prece sincera
    d)ter uma conduta reta no Bem e nas Virtudes
    e) cultivar a fé Racional para discernir as coisas

    O Mestre Allan Kardec fala em seus livros que o ser humano tem o Livre arbítrio para resistir ou ceder as influencias dos maus espíritos, portanto, nós podemos resistir as influencias dos espíritos inferiores, perturbadores e obsessores, por que, o Livre arbítrio é nosso.
    Os maus espíritos não tem nenhum poder sobre as pessoas de Bem, são as nossas imperfeições morais que permitem que eles se aproximem de nós, se eu procuro ter um Comportamento Moral reto em Cristo eu vou afastar qualquer espírito obsessor.
    O Bem repele o mal
    A Luz repele a escuridão

  20. BOLODÓROS says:

    No tocante ao abestalhamento das massas, conforme a incompreensão das mesmas, quanto as divagações dos que aqui e acola deliberam.
    Caso haja vista, concordo com a minoria. Se bem que nem sei do se há de haver com nossa estirpe maioral da maioria.
    Aqui jáz, profanado desde minha primeira bufa durante total inocência do pecado, agora o faço pela descaraleza perante o púpito dando um silêncioso mas aromático.
    Eu que não valo de todas as sabedorias, fico então a merce das estudézias de quem não tem muito a que divagar perante os desvaneios.
    PARABÉNS PARA TODOS AQUI, NÃO ENTENDI NADA, MAS GOSTEI.

  21. BOLODÓROS says:

    Se tiver algum irmão da massonaria com interesse de criar um braço fora da massonaria para cuidar de suas famílias falem comigo. Tenho idéias inéditas, sei até que são tão boas que nenhum louco do mundo iria comprar porque não confia em ninguém. Mas estou realmente interessado em fazer um trabalho filantrópico no sentido de fazer algo que eu sinceramente o faria sem cobrar nada em troca. Só preciso da honestidade e confiança de algumas pessooas, não é pra falar de maçonaria, é pra falar de ciência. Ciência como foco total e único. Deliberar sobre formarmos cientistas e usufluirmos do capitalismo já que é o que reina no momento. Algo que jamais existiu em uma sociedade moderna. Quero recriar a atlantida. Já tentei conquistar membros mas naõ tive êxito. O partido de hitler começou com menos de dez membros, EU SOU MAIS LOUCO QUE HITLER. MAS PARA O BEM É CLARO. PROPONHO UMA SOCIEDADE SECRETA CRIADA POR MEMBROS DA MAÇONARIA PARA O BEM E FELICIDADE DE SUAS FAMÍLIAS.

    AMÉM IRMÃOS.?

    BAIXO CUSTO, MUITO TRABALHO INTELECTUAL

  22. BOLODÓROS says:

    NA VERDADE SE EU FIZER UM CURSO DE TEOLOGIA CONSIGO ISSO ABRINDO MINHA PROPRIA IGREJA. E POR ESTA VENCERAS, CERTAMENTE NO NOME DE CRISTO IREI CONSEGUIR O QUE QUERO. SE A MASSONARIA É REALMENTE DO BEM COMO ACREDITO DÚVIDO QUE DIGAM NÃO. SE DISSEREM NÃO PRA MIM A MASSONARIA NAO TA COM NADA.

  23. Marcus says:

    Saudações fraternais,

    Li este post enquanto fazia uma pesquisa rápida e específica. Li também seu post sobre a proposta do site. Como iniciado na Arte Real gostaria de fazer uma pergunta, que podes responder aqui ou em meu e-mail. Pra mim tanto faz, desde que obtenha resposta, apesar de imaginar o cuidado de ter que escrever aqui com tantos profanos que não usam a razão e são dominados pelas trevas da ignorância. É possível, ou há relatos, de manifestação mediúnica mais intervencionistas como psicografia e/ou incorporação por um obreiro durante os trabalho em loja?

    Parabéns pelo site. Com o tempo lerei todos os post. Aguardo resposta.

  24. Umbra says:

    Olá,tenho uma pergunta se puder responder, vc crê que o ocultismo tenha realmente o poder de mudar algo, algum efeito astral ou uma criação de uma egregora, ou entidades que possam se manifestar no plano físico ?
    desculpe fugir um pouco do assunto, mas já aproveitando, existe uma linha ocultista mais cética e mais filosófica e menos mistica?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>