Principais Preceitos do Satanismo de LaVey

Hoje vamos tratar de alguns pontos que considero de extrema importância para darmos prosseguimento as próximas séries de Posts.

Vou apresentar algumas das citações de LaVey que definem bem alguns dos preceitos gerais do Satanismo e que não foi possível abordar no post Satanismo de LaVey.

O Satanismo defende uma prática modificada da Regra de Ouro. Nossa interpretação para esta regra é:

“Faça aos outros o que eles fazem a você”; porque se você “Faz aos outros como eles deveriam fazer a você”, e eles, em retorno, tratam você mal, vai contra a natureza humana tratá-los com consideração. Você deveria fazer aos outros o mesmo que eles fariam a você, mas se sua cortesia não é retornada, eles deveriam ser tratados com a vingança que merecem.

Sim, o Satanismo não é tão “belo e virtuoso” como a ideologia cristã, no entanto, o Satanismo nunca terá em sua história a marca de ter perseguido e matado tantas pessoas pelo simples fato de não seguirem os seus princípios. Essa “hipocrisia”, inclusive, é muito citada por LaVey que, desde antes da fundamentação plena do Satanismo, apresentava suas críticas aos períodos nebulosos da Inquisição e da falta de liberdade intelectual que isso gerou.

Bem, não se podia esperar algo muito diferente de uma ideologia fundamentada em cima daquele que foi o maior símbolo de libertação das mitologias, Satan.

O homem necessita de dogma e ritual, fantasia e encantamento. A psiquiatria, apesar de todo o bem que tem feito, tem roubado do homem da maravilha e fantasia que a religião, no passado, o proveu.

Essa é uma das citações que “explicitam” muito bem a ideia de que há necessidade de um procedimento psicológico nesse desenvolvimento. A psiquiatria trata, diretamente, dos problemas e ilusões do cérebro – e trata seus pacientes com remédios – enquanto o processo psicológico é bem diferente (lembrando que eu não estou sugerindo que um possa substituir o outro, de alguma forma).

LaVey fala sobre a importância psicológica dos rituais para que o homem possa internalizar diversos conceitos através da absorção do seu subconsciente.

Curiosamente, a Maçonaria é um dos poucos lugares (além do Satanismo) onde encontramos Rituais que podem ser entendidos com esse propósito. Afinal, a maioria das religiões e ordens iniciáticas admitem os efeitos metafísicos dos rituais – e não tem a necessidade de justificá-los sob outro prisma.

Na Maçonaria essa é uma das formas de entender a existência dos Rituais na Ordem, servindo para internacionalizar, de forma plena, o caminho da virtude, pregado pela Ordem.

Profetas piedosos ensinaram o homem a temer Satã. Mas e os termos como “temente a Deus”? Se Deus é tão misericordioso, porque as pessoas têm de temê-lo? Vamos acreditar que não há lugar algum que possamos escapar do medo? Se você tem que temer Deus, por que não ser um “temente a Satã” e pelo menos ter a diversão que sendo temente a Deus é negada a você? Sem cada um destes medos indiscriminados os religiosos não teriam nada com que manejar poderosamente seus seguidores.

Diversas vezes, citações como essas são usadas pelas correntes religiosas cristãs para insistir que o Satanismo tem haver com “adoradores de demônios”.

Existem muitos parágrafos como esse, pelas Obras de LaVey e, adivinhe, são sempre interpretados da pior forma possível. Sendo que, bastaria que os “críticos” passassem a ler aquilo que foi dito – e não o que eles acham que foi dito.

Se você criticou esse parágrafo, quando o leu, leia novamente e me diga em que momento LaVey faz qualquer Apologia a existência de Satan? Em nenhum momento! Ele só está desenvolvendo a ideia inicial, partindo do pressuposto que o ensinamento dos “piedosos profetas” estava certo.

Em outras palavras: “Já que eles acreditam nisso, deveriam admitir que…”

Ou seja, ele apenas desenvolve uma ideia, de forma lógica e racional, a partir das premissas cristãs. Ele não diz, em momento algum, que as admite como verdade.

A maior parte dos satanistas não aceita Satã como um ser antropomórfico com cascos fendidos, uma cauda barbada, e chifres. Ele simplesmente representa a força da natureza – os poderes das trevas que tem sido chamados assim porque nenhuma religião tem encontrado essas forças fora da escuridão.

Também a ciência não tem sido capaz de aplicar um terminologia técnica para esta força. É um reservatório destampado que poucos podem usar porque lhes faltam a habilidade de usar uma ferramenta sem primeiramente ter subdividido e classificado todas as partes que a fazem funcionar. É a necessidade incessante de analisar o que impede muitas pessoas de tirarem vantagem destas multifacetadas chaves para o desconhecido – que os satanistas escolheram chamar “Satã”.

Já falei sobre isso no ultimo post mais acho importante ressaltar a existência dessa “força da natureza” ao qual LaVey cita e que é parte da religião satânica. Ainda existem Satanistas da doutrina de LaVey que nunca fizeram quaisquer reflexões quanto a isso – ou até, que não conhecem esses caminhos da doutrina satânica.

Isso acontece, provavelmente, porque sempre houve um foco maior na questão ideológica e filosófica do que nos principios ocultistas que LaVey apresenta.

Enfim…

LaVey parte de alguns pressupostos que acabam não fazendo parte de sua doutrina, mas que impacta, diretamente, na sua forma de enxergar o mundo e o Satanismo. Ele aborda alguns conceitos que não explica, mas que fazem parte do processo para o entendimento de sua ideologia. Com o tempo, vamos apresentar cada uma dessas características e correntes, aqui no Blog.

Lembrando que uma das propostas do Blog (além do esclarecimento das polêmicas que envolvem a Maçonaria e o Satanismo) é apresentar uma série de questões pertinentes que possam ajudar a esclarecer a Maçonaria e o Satanismo em si, com relação ao universo que os envolve.

Bem, no próximo Post sobre Satanismo vamos dar início a uma nova série de Posts. Espero que o Conteúdo, até então, esteja atingindo as expectativas.

Até a próxima…

Veja Também

Maçonaria e Satanismo / Proposta
O que o Satanismo NÃO É
Satanismo na Idade Média
Satanismo e o Renascimento
Satanismo de LaVey / O Verdadeiro Satanismo
Principais Preceitos do Satanismo de LaVey
Referências Bibliográficas / Maçonaria e Satanismo
This entry was posted in Satanismo. Bookmark the permalink.

55 Responses to Principais Preceitos do Satanismo de LaVey

  1. Humboldt says:

    Olá,

    Achei louvável a sua iniciativa de desmistificar estes preconceitos existentes em massa ainda hoje. Não sou maçon, sou cristão católico, nem por isso deixo de questionar minhas crenças. Para um melhor entendimento da Maçonaria, gostaria que você me indicasse um bom livro ou link que fale sobre o processo de surgimento e desenvolvimento desta ordem ao longo da História.

    Mais uma vez, parabéns pela iniciativa e espero ser atendido nesta minha curiosidade.

  2. Jesus Te ama says:

    Jesus Te ama muito E mesmo voce sendo falho e pecador ele nunca vai te abandonar
    Não se aparte da tua boca o livro desta lei, antes medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque então farás prosperar o teu caminho, e serás bem sucedido.
    Josué 1:8
    Na verdade tu destróis a reverência, e impedes a meditação diante de Deus.
    Jó 15:4
    A minha boca falará a sabedoria, e a meditação do meu coração será de entendimento.
    Salmos 49:3
    Seja-lhe agradável a minha meditação; eu me regozijarei no Senhor.
    Salmos 104:34

  3. Maxwell says:

    Olha, sou Satanista de LaVey e devo dizer que depois de ler os artigos de Satanismo que você escreveu fiquei impressionado com a objetividade e a clareza com que vc conseguiu tratar o assunto. Encaminhei até para o e-mail do meu Pai, que nunca me repreendeu por essa escolha mas que nunca entendeu muito bem o que significava ser adepto do Satanismo. Mesmo que eu já tenha tentado explicar, por muitas vezes.

    Admito também que as observações que você fez sobre o Universo Satanico, no post anterior, me fizeram refletir muito. Apesar de ser assim mesmo não vejo os Satanistas refletindo muito sobre essas questões.

    Parabéns pelo blog e desejo sucesso.

  4. Elisa says:

    Você escolheu partes cruciais do Satanismo para colocar aqui.

    Apesar de ficar claro que você entende muito de Maçonaria – por colocar citações específicas de vários aspectos da Maçonaria – Me parece que você tem uma familiaridade com o Satanismo bem maior do que com a Maçonaria.

  5. A52 says:

    E esta atingindo as possíveis expectativas. esta de parabéns pelo blog!

  6. Lenon says:

    “Sem cada um destes medos indiscriminados os religiosos não teriam nada com que manejar poderosamente seus seguidores.”

    Acredito que a história (coincidentemente) intitulada “Satãn”, do livro Segredos do Coração do Khalil Gibran faz entender bem essa citação…

    Não achei em português, assim, segue o link em inglês: http://leb.net/gibran/works/satan.html

    P.s.: Como já há em inglês na internet não vai ter problema em eu transliterar a história (na verdade vou apenas copiar do livro que tenho aqui em casa) dai publico o link, espero que ajude na compreensão. =)

  7. Emerson says:

    “Sim, o Satanismo não é tão “belo e virtuoso” como a ideologia cristã, no entanto, o Satanismo nunca terá em sua história a marca de ter perseguido e matado tantas pessoas pelo simples fato de não seguirem os seus princípios.”

    Não sou católico mas o satanismo só não fez isto até hoje por falta de oportunidade e força (O que não faltou à igreja católica na época). Acho que tudo isto é invenção do próprio homem para não admitir que do pó viemos e o pó voltaremos e pronto.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssimo,

      Você tem todo o direito a sua opinião, no entanto, é também uma opinião (e bem particular, por sinal) de que o Satanismo faria o mesmo se tivesse tido oportunidade e força para tal. Não há nada de concreto que sustente isso como uma certeza e não como uma opinião.

      Inclusive, diversas religiões do Oriente tiveram essa oportunidade e não o fizeram – tanto no Oriente Médio, no Extremo Oriente e na Ásia Central. A Igreja Católica foi sim, ao extremo, em algumas situações – principalmente as que envolveram questões como as dos Cátaros. Não é para menos que os Europeus (na época das Cruzadas) eram considerados verdadeiros bárbaros frente aos povos do Oriente Médio.

      • Darli Oliveira says:

        “Bem, não se podia esperar algo muito diferente de uma ideologia fundamentada em cima daquele que foi o maior símbolo de libertação das mitologias, Satan.”
        Acho que existe aí uma “contradição” uma vez que então o próprio Satanismo está baseado no mito de Satan como foi explicado anteriormente.
        A opinião do Emerson não é puramente particular uma vez que o todo o mundo corporativo “prova” na prática o contrário!
        Não pretendo aqui defender as atrocidades cometidas pela instituição católica (não sou um “papa-hóstia”), mas discordo.

        • Darli Oliveira says:

          O que dizer do Islamismo com suas penas de morte, torres gêmeas, e do que fazem daqueles que ousam criticar Maomé? Sabemos que seria simplista jogar tudo em cima do fundamentalismo. Melhor ficar por aqui perante o que tem acontecido atualmente. Penso o que fariam eles se pudesse ter existido um LaVey muçulmano.
          O nazismo foi puramente político? E os nacionalistas modernos seriam bonzinhos?

        • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

          “Acho que existe aí uma “contradição” uma vez que então o próprio Satanismo está baseado no mito de Satan como foi explicado anteriormente.”

          Sim, o Satanismo é baseado no Mito de Satan. Onde está a Contradição nisso?
           

          “A opinião do Emerson não é puramente particular uma vez que o todo o mundo corporativo “prova” na prática o contrário!”

          Sim, é puramente pessoal. É dizer que o “mundo corporativo prova isso” é uma alegação sem fundamentação. Caso você discorde, tente então fundamentar e provar tal assertiva. Quando você perceber que não é possível, entenderá que não só a afirmação do Emerson é uma opinião particular como verá que essa afirmação também é.

          • Darli Oliveira says:

            “Bem, não se podia esperar algo muito diferente de uma ideologia fundamentada em cima daquele que foi o maior símbolo de libertação das mitologias, Satan.”
            Então…também um mito. A contradição é óbvia.

          • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

            Caríssimo,

            Realmente você vê sentido no que você está dizendo? Vamos fazer o seguinte então: Conte-nos onde está a “contradição” no fato de uma ideologia ser baseada em uma Mito. A única diferença é que umas são baseadas em seres supostamente físicos (como Jesus) e outros não (como Lúcifer).

            TODAS as religiões, sem exceção, foram fundamentadas em um (ou vários) mitos. Inclusive, até as ideologias das correntes que deram origem ao empirismo e ao método científico eram assim. Ah não ser que você desconheça o significado da palavra “contradição”, sua afirmação não tem fundamento.

          • Darli Oliveira says:

            Meu caro…já disse, não sou um papa hóstia , mas você cita as atrocidades cometidas pela ICAR e assim como Lavei, parece ignorar FATOS HISTÓRICOS do passado e do presente de todas as culturas e religiões. Há inúmeros conflitos sangrentos em nome de religiões e não há como ignorar esses fatos a menos que assim se quer. Aliás ignorou a questão do Islamismo…então o recente satanismo de Lavei é pura e simplesmente uma birra contra a ICAR? Ninguém fala que a perseguição às “bruxas” por parte dos então protestantes foi tanto ou muitas vezes muito mais cruel e absurda daquela praticada pela ICAR.

          • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

            Caríssimo,

            O que lhe faz concluir que o fato de nada disso ter sido citado, significa que foi ignorado? Nenhuma atrocidade que você queira citar vai diminui o que foi dito. No entanto, começo a entender porque você não entende as obras de Lavey.

  8. Mara Lucia says:

    Olá!
    Alguem que entenda sobre o satanismo de LaVey sabe me informar se aquela historia que Marilyn Manson foi escolhido reverendo pelo proprio LaVey é verdadeira?
    Grata…

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Eles chegaram a ser amigos e LaVey realmente chegou a fazer uma citação sobre ele ter sido nomeado Reverendo da Igreja, mas não há nada que comprove isso. Provavelmente foi muito Marketing, que tanto Marylin Manson como LaVey faziam muito bem.

      LaVey sempre fez com que acreditassem que o Satanismo dele era algo estúpido de adolescentes que se diziam “adoradores do demônio e que se achavam o Anti-Cristo”, da mesma forma que Manson sempre fez parecer que ele é exatamente aquele “papel” que ele interpreta ser. LaVey fez isso para aumentar a visibilidade do Satanismo (afinal, as pessoas sérias iriam ver, rapidamente, do que se tratava). Da mesma forma foi com Manson, que só quis aumentar suas vendas de disco e a popularidade para conseguir mais shows. Mas o Manson é um cara muito inteligente e poderia, facilmente, ter sido um reverendo do Satanismo de LaVey. Na primeira vez em que ele é entrevistado sobre isso ele chega a dizer “Dedicamos parte de nossas vidas a desmentir o cristianismo”. Só depois ele começou com o “papo de demônio”, quando viu que isso atraia mais pessoas.

      • Mara Lucia says:

        Agradeço pela atençao
        E,nossa.O blog é incrivel!
        Atualmente,é muito dificil achar alguem que fale do Satanismo e da Maçonaria com SERIEDADE
        Voce esta de parabens

  9. LM says:

    Olá, se não for incômodo:

    Nas livrarias da minha cidade o mais oculto que se acha é Harry Potter, é difícil para eu encontrar textos confiáveis sobre esses assuntos na internet, pois é tudo muito sensacionalista ou incrivelmente pesam para um lado cristão.

    Gostaria que me indicasse livros (além dos que já indicou no blog) que abrangem de forma geral e bem inicial o ocultismo, magia, espiritualidade, rituais… Que, se puder responder, diga-me se esse site “mortesubita.org” é confiável, e posso continuar pesquisando. E também diga-me se Franz Bardon e livros como Corpus Hermeticum e O Caibalion são bons pra quem deseja começar a entender, crescer e se direcionar nesse “meio”, se é que eu posso dizer assim.

    Obrigada, Loris Milloni.

    • Vinícius" Weinschutz says:

      LM o morte súbita é um blog muito bom, embora esquerdista demais para alguns. Ja o Bardon é excelente, o Corpus é um pouco avançado mas se você estiver compreendendo vá fundo! Eu sugiro que você leia o teoria da conspiração do Marcelo Del Debbio. Ele tem uma coluna no sedentario.org coom o nome de teoria da conspiração! Ela é bem voltada para iniciantes, vc deve gostar!
      Abraços!

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssima,

      Realmente o “morte súbita” é um bom site mas, infelizmente, não é um blog e isso acaba tornando-o menos atrativo. As pessoas tendem a ler um Artigo e ir embora.

      Não sei o que poderia ser considerado “esquerdista demais”. Independente disso, os autores fazem um ótimo trabalho utilizando sempre referências e evitando que alguma opinião pessoal influencie muito na decisão do leitor.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      No mais, não recomendo nenhum dos dois livros – e muito menos Bardon. O nível para se entendê-los é alto e mesmo os que já conhecem o Ocultismo não entendem (e nem tiram o proveito que deveriam) dessas obras.

      “(…)ocultismo, magia, espiritualidade, rituais(…)”

      Não sei nem por onde começar a indicar. Tudo isso é um universo enorme e, creio que – até mesmo por estar começando esses estudos – você nem saiba ao certo de qual segmento ou caminho você está mais interessada.

      Caso você não saiba pontuar o que lhe interessa mais conhecer
      (até mesmo por não saber), me diga o que você já gostou até agora e faço uma recomendação a partir daí.

  10. Nicholas says:

    Olá, Marcelo.

    Eu o conheci num evento de RPG muitos anos atrás, e sempre fico impressionado com o alto teor filosófico dos seus escritos. Porém, gostaria de tecer algumas considerações.
    LaVey foi um pensador original, mas assim como vários outros, criou uma doutrina egoísta demais, apesar de humanista. Até aí, nada demais. A maioria dos filósofos vai pelo mesmo caminho.
    Já o Cristianismo é, antes de mais nada, a série de conceitos morais e filosóficos apregoados por Jesus a 2000 anos atrás. Nada menos, nada mais. Não me considero Cristão, mas estudei o Cristianismo a fundo, e posso dizer que ele não é propriedade dos evangélicos, dos católicos ou dos espíritas. As pessoas se apoderam dele, se atribuem poderes sobre ele, assim como certos psicopatas se arvoram do direito de matar em nome de Lucifer.
    Aliás… Se as pessoas usam a efígie de um Avatar, de um Luminar para perseguir, matar e denegrir às outras pessoas e crenças… paciência. As pessoas são assim mesmo. Os budistas também fazem isso. E os islâmicos. E alguns magos. Enfim. Bullying é um merda, mas somos assim mesmo.
    O que eu quero dizer é que, se algo é da natureza humana, não significa que deva ser abraçado ou seguido. Ou que não possa ser derrotado. Muitos luminares provaram que existe um caminho do bem comum a ser seguido. E, sério mesmo… Esse caminho passa obrigatoriamente pelo auto-aperfeiçoamento.
    Aliás… Bom que se diga que Avatares existem em todos os credos, religiões e filosofias, e as capacidades e poderes supostamente “ocultos” do ser humano estão disponíveis para todos nós. O que fomenta essa descoberta é a busca competente dessas capacidades e o auto-aperfeiçoamento contínuo, fatores transcendentais com os quais a maioria das pessoas não deseja lidar, seja por comodismo, preguiça ou medo. Ou seja: todo mundo quer ser poderoso, saber de tudo e não ter limites; mas também quer continuar ignorante, irresponsável e imaturo. Aí não dá.
    No mais, parabéns pelos estudos de Cabala e demais conceitos Ocultistas veiculados nos seus blogs. Sempre que possível, estou acompanhando.

    Abraços e tudo de bom,

    Nicholas

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssimo,

      Creio que você fez uma pequena confusão. Esse Blog não é escrito pelo Marcelo Del Debbio (veja o Post “Maçonaria e Satanismo no Teoria da Conspiração“).

      [Quanto ao comentário...] Compreendo a sua posição, entretanto, se você realmente estudou o Cristianismo a fundo sabe bem em que bases estão fundamentadas a existência de Jesus da forma como nós o conhecemos. Em outras palavras, é até possível dizer que ele existiu (historicamente) mas não é possível atribuir nenhuma das palavras bíblicas sobre como e o que Jesus disse a esse “Jesus histórico”.

    • Jorge says:

      O homem nasce com forças duais. Um aparelho que busca de todas as formas sua sobrevivência e sua reprodução, ou seja, sobrevivência da espécie. Fomos programados com o ímpeto para perpetuar a vida. Mas também com a centelha da transcendência. De sobrepujar estas condições, o medo da morte, da fome, da solidão. Mas nossos meios de sobrevivência, a ganancia desenfreada, o de sobrepujar os demais, de ser um Deus a ser seguido, a corrupção. É mais fácil, nossa condição individual, unitária, é tudo que o homem inferior enxerga. Ele é capaz inclusive de elaborar fórmulas sofisticadas para justificar sua incapacidade de visualizar que do espaço somos apenas UMA grande bola, apesar do amor que lhe desponta ao peito e lhe grita que o outro é parte de si.

  11. =) says:

    Parabéns adorei o post. :) Esclareceram-me muitas dúvidas que tinha em relação a este assunto e de uma forma clara. :)

    Obrigada ;)

  12. Franco-Atirador says:

    Achei tudo muito bacana, exceto a parte do fazer aquilo que lhe fazem e se vingar, ao invés de fazer o bem sem olhar a quem e amar seus inimigos, uma filosofia nada fácil, sim, mas também nada impossível de ser alcançada. Filosofia que se lograda por 1/5 da humanidade, teríamos um mundo beeeeeem melhor. Que dirá por todos, seria literalmente o ‘céu’ na Terra.

    • Murilo Scapuzzine says:

      Vejo essa questão de ‘se vingar’ mais voltada á justiça,e em outro ponto chega até mesmo a ser favorável ao instinto de autopreservação humano. Hoje em dia sou totalmente contra á idéia de ‘virar a outra face’.

      Como exemplo, eu era humilhado na escola quando ainda estudava no ensino fundamental e eu sempre tentava resolver as coisas com educação e de forma pacífica. Um dia não aguentei e desci o braço em quase todos aqueles que me humilhavam…Como resoltado, eles aprenderam a me respeitar.

      Foi um exemplo simples,mas se aplica a muitas áreas.

  13. Joana says:

    “Sim, o Satanismo não é tão “belo e virtuoso” como a ideologia cristã, no entanto, o Satanismo nunca terá em sua história a marca de ter perseguido e matado tantas pessoas pelo simples fato de não seguirem os seus princípios.”

    Claro que terá ! Ou melhor, tem ! Me diga, onde Jesus ensinou matar pessoas ? Quem fez isso foi a igreja católica, mulçumanos e um monte de outros homens carnais q só vestiam uma capa de virtude mas nunca sequer entenderam os principios ensinados por Jesus. Não sei como tem gente que engole essas mentiras. Satanás é bonzinho é ? Ele vai ser o primeiro a ser lançado no inferno e depois os seus seguidores aí vamos ver.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssima,

      Nos mostre então onde o Satanismo “ensina a matar pessoas”. Tenho certeza que todos gostarão de saber onde isso está.

      No mais, em que momento eu disse (ou sequer, insinuei) que Jesus ensinou a matar pessoas?

      • O HERMETISTA says:

        “Faz o que tu queres…..” parece um lema perigoso, especialmente em países de terceiro mundo, onde a grande maioria da população não foi educada sequer de uma maneira medíocre…. Este pilar do satanismo é usado para justificar os atos desmedidos e os rituais desnecessários já que muitas seitas criam seus próprios ritos conforme “sua VONTADE”

        • levi says:

          Mas essa frase é de Aleister Crowley,e não de Lavey,você està confundindo as coisas

        • Luiz says:

          Primeiro que o fragmento que você cita é da Lei de Thelema, que pode até ter tido influência em LaVey mas, é de outra linha, não sendo uma lei do satanismo de LaVey, tradicional ou qualquer outro que seja.
          Segundo, ”Faze o que tu queres”, seria de acordo com a tua Vontade, resumindo, a Vontade que Crowley se refere é a Divina, não à expressão do ego, ou ser até uma desculpa para fazer o que der na telha; o ‘fazer’ portanto seria pela expressão do Self ou SAG ou Partícula Divina do ser. Também segundo a Lei de Thelema o ”Amor é a lei, amor sob vontade”.

  14. Joana says:

    Carissímo;

    Eu já respondi no meu comentário acima, é claro que todas essas mortes, guerras e tragédias cometidas pelos homens em nome de Deus não foram por vontade de Deus, isso é óbvio. Tão óbvio quanto a infiltração de satanás dentro da Igreja, desde o principio com intuito de destruí-la. Ele , satanás apenas “deu um empurrãozinho” nesses homens que de cristãos nascidos de novo não tinham nada, pq é assim q ele age, como um virus q toma conta de um organismo pra destruí-lo de dentro.
    Entendo o seu ponto de vista, vc está querendo mostrar que satanismo não é oq a gente “vê nos filmes de terror”, mas é oposição a tudo oque é de Deus, ou não é ?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssima,

      Se essas respostas estivessem na primeira pergunta eu não as teria feito agora.

      Você grifou a parte do texto que dizia que o Satanismo nunca terá em sua história a marca de ter perseguido e matado tantas pessoas pelo simples fato de não seguirem os seus princípios e respondeu: “Claro que terá ! Ou melhor, tem!” – e isso não esclarece de onde você tirou essa ideia, por isso eu perguntei. Da mesma forma que você disse: “Me diga, onde Jesus ensinou matar pessoas ?” – como se alguém aqui tivesse dito algo parecido, sendo que as únicas acusações foram feitas a Igreja Católica (Jesus não foi mencionado em momento algum no texto).

      No mais, já pude ver em seus comentários nos outros posts que você já entendeu que o Satanismo não tem a ver com as “historinhas” que se contam por aí, certo? Fico realmente feliz por isso. Talvez seja a primeira vez que um religioso, que chegou atacando o blog, tenha se dado ao trabalho de realmente ler o resto do blog e entender do que se trata. Se todos os outros também fizessem isso, teríamos religiosos bem mais esclarecidos por aí.

      Fique a vontade para tirar quaisquer dúvidas, nos demais Posts. Responderei cada uma delas.

  15. Joana says:

    Bom, me desculpe se ofendi ou se não entendi alguma coisa. Vou continuar lendo os posts pq achei muito interessante.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Não ofendeu em nada. Fique a vontade.

      • O HERMETISTA says:

        o blog é realmente muito bom e cumpre com excelência o objetivo de desmistificar o assunto proposto. Apesar de divergir em pequenos pontos é uma satisfação ver o assunto sendo tratado com tanta qualidade com tantas besteiras que se encontra pela net esse blog é uma fonte de luz para aqueles crentes e religiosos radicais. vou ler todos os posts tende certeza que não perderei meu tempo, aprenderei e reforçarei minhas convicções. este blog é um serviço social e acho que todos ficam gratos.

        • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

          Agradeço o elogio. O objetivo era justamente o de esclarecimento para que as pessoas (mesmo que continuem condenando o Satanismo) pudessem entender melhor do que se trata.

  16. Marcos.bs418 says:

    Gostei, obrigado por compartilhar seu conhecimento.

  17. O HERMETISTA says:

    Esta errado associar o conhecimento da manipulação desta força que LaVey chama ‘ferramenta’ ao pecado original de Genesis ?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      É uma interpretação possível sim. Algumas correntes (ocultistas, obviamente) realmente defendem que o conhecimento que levou à “queda” foi o conhecimento da Magia.

    • Jorge says:

      O fruto do conhecimento sem consciência. O fruto proibido da arvore.

      • Jorge says:

        A bíblia fala da “inocência” do homem. Associa o fruto a capacidade de arbitrar. Talvez a consciência de si, o desenvolvimento do ego.

  18. O HERMETISTA says:

    Penso que existe muita confusão quando assunto é satanismo x cristianismo pois existem muitas variantes do cristianismo e muitas pessoas tem a convicção de que os ideais da igreja católica apostólica romana moderna sejam os ideais cristãos.
    Também não penso que o satanismo moderno seja apenas uma birra contra a igreja católica como comentou nosso amigo. Como LaVey menciona estas “forças satânicas” são naturais e existem na natureza antes da imaginação da fundação de qualquer igreja, o satanismo moderno vem para adorar esta força na medida em que a historia permitiu a volta destes cultos antes perseguidos e muito antes muito de serem perseguidos eram livremente praticados sob varias formas.

  19. BOLODÓROS says:

    Adorei, não senti um orgasmo, nem nada perto disso, mas foi gostoso o post. Li tudo e toda comoção. Bem, sinceramente eu adoro isso, o papo de dar o troco e falar abertamente a verdade, ir realmente contra a hipócrita falsa moralidade cristã. Se eu morasse hoje em um mundinho belo, um pequeno paraíso, eu teria um bocado de armas dentro de casa armadilhas para matar assasinos e ladrões antes que invadam minha residencia, bem eu aposto que todo bom membro de ocultismo deveria ensinar ou apoiar a seus filhos aprenderem artes marciais, e a tudo que seja necessário para aprender a se defender, Aliás o criador nos forneceu o segredo da sobrevivência dentro de nós no que chamamos ego. Sem ele seriamos um tapado dando a cara pra bater toda hora, se só existisse o sentimento de medo e submissão. O que um cristão faz quando alguém não paga a ele uma dívida? Ser for trabalhista ele recorre a processar, ele ataca. Se ele é roubado ele vai a delegacia e acha bom ver o cara indo pra cadeia, Mas quando vc conversa com ele e o assunto é falar de pimenta no fiofó dos outros ele argumenta que devemos perdoar, devemos seguir Jesus, e tal. O cristão normalmente se ouve isso de um satanista, tudo já é errado, dar o troco é errado, exemplo eu sou conhecido por alguns como filho do capeta. Eu até me divirto vendo a ignorancia dos caras, tudo que eu falar ta errado. É um dialogo burro e sem racionalidade com esses caras. Eu sou do capeta e pronto. Agora se pela força e imposição de Jesus eu aceitar o mestre deles e negar o meu. Eu serei salvo. Jesus não vai matar ninguém, não manda matar ninguém, Ele só quer jogar todos que não aceitarem o nome dele no inferno pra sempre. Ele é muito bonzinho. Olha o universo é tão grande que por mim, eu não faço questão de passar nem na porta do reino de jesus, E se ele é desse jeito, ele ta arrumando briga com todas as galaxias do universo. Pense comigo. Eu dou de andromeda. UM DEUS LA. E estou assistindo a guerra cosmica da via lactea, digamos que Jesus e JEOVA VENÇAM, PROVAVELMENTE EU IREI IMAGINAR QUE O PRÓXIMO OU A PROXIMA VITIMA SERA A GALAXIA DE ANDROMEDA, EU SIMPLESMENTE AVISO OUTRAS GALAXIAS QUE TEM UM CARA QUERENDO FUDER COM TUDO, E O ENXAME INTEIRO DE ABELHAS GALATICAS JUNTAS FAZEM DO EXERCITO DE JESUS POEIRA. MANO EU NÃO TENHO MEDO DE JESUS, NEM DE JEOVA, NEM DE SATANAS, PORQUE A CONSCIENCIA CÓSMICA É TAO INTELIGENTE QUE CRIOU VIDA EM TODO UNVIERSO E CONTINUA SE EXPANDIR.

    Bem mudando de assunto na agua para o vinho podre de jesus, eles atribuem que são criadores, bem o fato é que somos geneticdamente formados por diversas raças no universo, nosso criador tem demorado muito pra formar nossa espécie segundo nosso plano de demora, porque imagine. O ar é composto de 21 oxigenio, 1% de outros gases ê 78% de nitrogenio, Bem, percebeu que usamos muito pouco oxigenio para sobreviver, e dos 21%, se não me engano só absorve 5%, então acho que o DNA de outras raças no universo precisam passar por um processo de adapatação a nossa atmosfera, não é do dia pra noite que um ser se adaptaria a um novo planeta, Logo seria depois de centenas ou milhares de reproduções na terra para isso acontecer, não seria diferente. Quando se supostamente Lúcifer queria provar algo ao universo. Ele esta fazendo através de nós. Criando um ser com capacidade superior em todos os sentidos, para dizer ei cara. Vc não é nosso deus, eu sou melhor que vc. E uma confederação galatica junta esta fazendo isso porque viram que a guerra armada não vai levar a vitória, mas sim a guerra filosofica ira mostrar por que lado brigar, O universo esta na duvida quem esta certo que lado apoiar, pra decidar a questão. Ninguem provou nada até agora pra muitas outras galaxias, A briga não esta na nossa mão, nem o destino disso, a coisa envolve muito mais gente que imaginamos.

  20. lucy says:

    O satanismo não tem nada a ver com o mal em si, mas o que ele diz em relação a existência de demônios? Pessoas que fazem o mal acreditando que o responsável pelos seus atos é o mal personificado como satanás? Existe através do satanismo alguma explicação pra isso, e por casos de exorcismo e perseguições podem ser reais?

    • Luiz Felype says:

      Se me permite fazer uma reinterpretação de suas perguntas para inverter a visão ‘religiosa’:

      “O que o cristianismo diz em relação à existência de fadas? Pessoas que cometem atos hediondos acreditando que estão sendo guiados pelas palavras de Jeová? Existe através do cristianismo alguma explicação pra isso, e por casos de pessoas “curadas” por pastores e perseguições podem ser reais?”

      Até onde entendi, o Satanismo aqui exposto não considera a existência de demônios como são divulgados pela crença cristã. Satã não é uma entidade antropomórfica, mas uma manifestação do nosso ego, a divindade em nossa própria existência, e manifestamos seu poder através de nossa própria vontade. A desculpa de Satanás e os exorcismos fazem parte da crença cristã propagada pela Igreja Católica, e nada tem a ver com o Satanismo de LaVey. Não tenho certeza sobre o que você quis dizer com ‘perseguições’…

  21. Jorge says:

    “Ele simplesmente representa a força da natureza – os poderes das trevas que tem sido chamados assim porque nenhuma religião tem encontrado essas forças fora da escuridão.”
    Seria possível desenvolver isso? Não entendi esse processo de identificação.
    Outra coisa, se a figura Católica se tornou apenas um mito de origem, porque o “Ele”. Acredita-se em uma entidade?
    Percebo uma similitude com o neopaganismo wiccano. Sendo que essas “forças” no deste seriam representadas por “Ela” a “Deusa”.
    Haveria também relação da doutrina de LaVey com a Gnose de Samael Aun Weor ou a teoría de Orígenes?

  22. Jorge says:

    A meu ver estas fossas “sombrias”, e este tema tem sido abordado por vários autores(a sombra), se tratam, primeiramente, tão somente de características inerentes a condição humana, a animalidade inerente a vida neste reino da matéria. Ou as ilusões do ego: a inveja, a cobiça, a perversão das características animalescas naturais. O ego é intrigante, talvez ele seja a fonte de nossa semelhança com o divido, mas ao mesmo tempo pode nos desconectar dele. A consciência de si, de nosso universo próprio, não deve jamais nos desconectar dos outros universos aos quais fazemos parte, bem como da mônada primordial, a lei suprema, a ordem que equilibra o caos no qual estamos mergulhados.

  23. Vinicius Santana says:

    Boa noite,

    Nunca tive religião, doutrina ou quaisquer tipo de crença… Porém, o modo que Lavey aborda a religião me instigou a vir procurar um pouco mais a respeito, e gostaria muito de saber se existe algum tipo de lugar ou ‘igreja’ na qual eu poderia ir para saber mais a respeito… A internet pra mim não é um lugar muito confiável para buscar informações, já que cada um pode dar sua livre opinião, e como é um assunto que não é de meu conhecimento, qualquer palavra é a certa, sendo assim preferiria buscar informações tratando direto com alguém entednido.

    Grato e meus parabéns pelo blog!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>