Satanismo e o Existencialismo

SatanismoVamos dar continuidade a nossa 2ª série de Posts, para explicar os “caminhos dentro da Maçonaria e do Satanismo”.

Ao terminar essa série de Posts, iremos tratar da Inquisição (na categoria Satanismo) e dos conflitos da Igreja com a Maçonaria (na categoria Maçonaria).

Após o Post sobre o “Caminho da Mão Esquerda”, imagino que já tenha sido possível compreender a raiz e a base na qual o Satanismo está estabelecido.

A partir daí as coisas se tornam mais simples. Vamos apresentar, nesse e nos Posts que virão, algumas referências filosóficas e ocultistas que influenciaram o Satanismo de LaVey.

Existencialismo – Sem Espaço Para o Destino

A primeira das grandes influencias filosóficas do Satanismo de LaVey é o Existencialismo.

A única coisa que você precisa saber sobre o existencialismo, para entender a influência que ele teve, é que a doutrina do existencialismo prega que “a existência precede a essência”. Na prática isso quer dizer que o homem não tem uma Essência que seja anterior ao Ser, ou seja, que possa ter vindo da “alma” (por procedimentos kármicos, por exemplo), que já tenha sido determinado pelo destino e/ou etc.

Nessa concepção o homem nasce e, a partir daí, sofre os estímulos do mundo, adquirindo suas preferências e moldando sua forma de enxergar as coisas. Mas a questão não se limita apenas ao campo religioso, afinal, a discussão sobre o homem “ser fruto do meio ou da genética” (que, apesar de já haver um “consenso”, não há prova empírica que dê um “ultimato” na questão) também fez parte da discussão. Até porque, se fosse descoberto que o homem é 100% fruto da genética, a Essência estaria precedendo o Ser e isso acabaria com o Existencialismo.

Sempre houve uma grande discussão acerca do tema no mundo da filosofia, mas essa discussão não nos é relevante. O que precisamos é entender quais pontos foram decisivos e tiveram influência no Satanismo. Além disso, se muitos Posts começassem a tratar de filosofia, creio que eu perderia muitos leitores.

Uma das consequências do existencialismo, na vida do homem, é de que a jornada da vida passa a ser bem mais valorizada do que as correntes que defendem uma vida após a morte – e é isso que realmente nos interessa aqui.

Pelo que já foi lido até agora, neste Blog, imagino que já esteja claro a importância de se valorizar o homem como ele é (sem as “vestimentas espirituais”), aproveitando os estímulos que ele aqui adquire, admitindo que a vida talvez seja realmente isso e que não exista uma pré-definição que molde os homens antes do seu nascimento.

[Antes que alguém pergunte] Não, eu não sou ateu e nem esse conceito sugere isso. Uma coisa é admitir que talvez a vida possa realmente não ter uma mundo espiritual. Porém, por mais que isso não impeça ninguém de continuar acreditando que essa vida espiritual exista, pode ajudar para que o homem possa valorizar mais o homem que ele é.

Apenas a nível de curiosidade, também existe um existencialismo cristão. Mas certamente não há espaço para falarmos dele por aqui.

O Problema ao se Estudar Filosofia

Resolvi começar a falar sobre o Existencialismo por ser uma explicação simples e rápida que permitiria que eu falasse um pouco sobre a influência da filosofia e a forma com que devemos encará-la para entendermos o Satanismo.

Ao avaliarmos essas influências é importante termos consciência de até onde é possível desenvolver seus próprios pensamentos, a partir desses conceitos.

Devemos lembrar que um “pensamento filosófico” não existe sem uma Corrente de Pensamento, por trás. Por exemplo, só é possível entender, de forma plena, a frase “penso, logo existo”, se você compreender o Racionalismo de Descartes.

Pegar um pensamento, ou conceito filosófico, e tentar especular sobre outras questões, a partir daquele conceito, poderá influenciar, drasticamente, o pensamento original (por não se ter as ferramentas necessárias que lhe permitam fazer essa avaliação).

Em nosso caso, é ainda mais complicado, porque aqui você estará tentando entender a associação de um conceito particular à uma filosofia (o Satanismo) bem diferente daquela em que este conceito foi desenvolvido.

Por isso, ao se fazer especulações, em cima destes conceitos filosóficos, tenha consciência de que estes serão uma opinião particular do assunto e não adianta defender essa ideia como parte da Corrente de Pensamento em questão. Isso não fará sentido. Essa é apenas uma das bases para a doutrina de LaVey – que, inclusive, LaVey não parecia fazer a menor questão de que os outros entendessem, já que ele as citava, mas não explicava.

O que, verdade seja dita, não está em desacordo com a ideologia que ele sempre pregou. Nesse caso, se você encontra, por exemplo, a “Magia Enochiana” (em suas obras) e sequer se interessa em buscar mais sobre ela, é porque não deveria mesmo saber.

Conceito Filosófico x Corrente de Pensamento

É importante ressaltar, no meio disso tudo, que o Conceito em si não fica perdido, ou, tem menos importância, só porque não está associado a uma Corrente Filosófica. A diferença é que, quando você associa um conceito a todos os outros, da Corrente de Pensamento em questão, você chega a uma conclusão que não seria possível fazendo isso com um único Conceito.

Entretanto, mesmo que não afete, diretamente, a forma de pensar e entender o Satanismo, é importante que alguém que siga o Satanismo procure conhecer cada um desses detalhes, afinal, já que foram influências, não custa nada entender.

Pode ser comparado ao Católico que estuda o Judaísmo. Não conhecê-lo não vai influenciar no seu entendimento do Catolicismo, mas lhe daria mais ferramentas para  compreender, de forma mais plena, o Antigo Testamento, por exemplo.

A Diversidade no Estudo

Curiosamente, os bons Satanistas de LaVey se interessam muito pela filosofia como um todo. Não parece a eles que as Correntes Filosóficas estejam entrando em choque, umas com as outras. Esse é um ponto que considero muito importante, porque com a Maçonaria isso também acaba acontecendo. No entanto, acontece mais com as religiões do que com a filosofia em si.

Ao apresentar vários símbolos e conceitos de diversas religiões, podemos ver maçons falando sobre o Budismo, Espiritismo e Zoroatrismo, tranquilamente, sem que este veja contradição neles. São apenas encarados como um grande “quebra-cabeças”, que junto vai se completando.

Particularmente, acho de extrema importância que os maçons e os satanistas conheçam tanto as religiões como as Correntes de Pensamento que podem vir a ser encontradas na influência de seu surgimento ou (no caso da Maçonaria) de seus símbolos.

Pouco importa, nesse contexto, se as pessoas acreditam em todas elas, apenas em algumas, ou em nenhuma. O importante é conhecer. É isso que lhe dará a capacidade e o discernimento para fazer tal julgamento de valores.

Além do mais (e voltando ao assunto principal do Post), não era incomum, ao existencialista, tentar compreender as muitas religiões do mundo para que, a partir disso, pudesse compreender o quanto o homem poderia ser influenciado por ela.

Bem, acabei me estendendo mais do que o habitual. O próximo Post será “Maçonaria Milenar?” e vamos poder discutir se a Maçonaria já existe a milênios.

Como esse foi um Post um pouco diferente, gostaria de um retorno dos leitores para saber se vocês acham que está destoando muito do que já tivemos até agora.

 

Veja Também

Satanismo e o Existencialismo
Satanismo e a Filosofia de Nietzsche
Satanismo e a Virtude do Egoísmo
Satanismo e a Lei de Talião
Satanismo e os Corpos Espirituais
Satanismo e a Thelema
Satanismo e a Magia Enochiana
Satanismo e a Sagrada Magia de Abramelin
Satanismo – Missa Negra e a Magia do Caos
This entry was posted in Satanismo. Bookmark the permalink.

39 Responses to Satanismo e o Existencialismo

  1. Paula says:

    Olá, parabens pelo texto. Vejo que o assunto está se aprofundando. Meu feedback é que esse texto está do tamanho ideal. Eu acho as postagens com um tamanho pequeno. Iamgino que você deve fazer isso para que o leitor não se canse, mas penso tbm que como um satanista de lavey você deveria dar o conhecimento em troca do merecimento de, no mínimo, as pessoas terem condições de lerem um texto de tamanho ideal, até o final.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssima,

      Eu sei que pode não parecer, mas eu não sou um Satanista. Minha vida não é pautada por essa filosofia. Admito que já fui e que o Satanismo ainda continua sendo a doutrina religiosa que eu mais domino e me interesso. No entanto, o meu referencial de atuação é a Filosofia de Virtudes, encontrada na Ordem Maçônica.

  2. Yolanda says:

    Alguém já lhe disse o quanto você escolhe bem as imagens? Fico impressionada e aprecio muito. As imagens parecem escolhidas a dedo.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Admito que gasto algum tempo para encontrar as imagens que melhor representem o assunto do Post. O que mais me deu trabalho foi a imagem do Caminho da Mão Direita. Fiquei mais de um dia pensando no que representaria melhor o Caminho da Mão Direita. Depois de conseguir pensar em “alguém segurando o planeta”, só foi preciso procurar uma imagem assim.

      E sim, são todas escolhidas a dedo.

  3. Luciano Rios says:

    O site é muito bom, mas desculpe-me a franqueza, mas não acho útil que você fique trabalhando essas questões influenciadoras do Satanismo de Anton Lavey. Seria melhor focar na idéia principal para que as pessoas conhecessem melhor.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Meu caro,

      Você tem todo o direito a sua opinião, mas realmente você não considera útil entender como funcionam as Correntes que influenciaram a doutrina que você segue? Acredito que os dois Posts sobre o Satanismo de LaVey (um sobre a doutrina em si e o outro sobre os principais preceitos) que foram apresentados, já serviram para dar a base necessária para entender o Satanismo.

      Poderia ser dito mais sobre isso sim, mas creio que falar sobre as influências externas poderá agregar de forma mais expressiva. E sabe porque? Porque os Satanistas, no geral, não gastam muito tempo com isso.

  4. Rafael says:

    Eu não tenho nenhuma crítica, por mim continue fazendo da maneira que acha melhor. Inclusive nem tenho postado mais as dúvidas porque de alguma maneira sinto que elas serão sanadas mais para frente.

    Parabéns novamente pelo trabalho!

  5. Adriano says:

    Aprecio o conteúdo literário, mas ainda não encontrei de modo geral nos blogs a parte impirica de ser um magicista, de encontrar o conhecimento atrelado na prática. Existem muitos artigos, blogs, livros…Realmente gostaria de aliar o conhecimento com a vivência, com exercícios de iniciação simples e que fosse a testemunha dos pequenos experimentos. Seria um iniciado na esquerda para depois ascender para a direita e por que não ao caminho do meio. ADMIN você postar alguns exercícios para seus fieis leitores?
    Parabéns pela didática aplicada nos conceitos e a cronologia para o entendimento fácil de nós leitores. (Aguardo seu feedback)
    abs

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Adriano,

      Não recomendo nada em particular porque dependerá MUITO de qual das muitas vertentes do mundo iniciático você pretende seguir. Você é membro de alguma Ordem, ou tem preferência por alguma corrente místico/ocultista?

      • Adriano says:

        admin,
        Tenho lido muita matéria sobre ocultismo, mas ainda não encontrei um autor que tenha produzido sínteses das principais Ordens relatando suas características e suas filosofias que pudessem me ajudar a clariar um melhor entendimento das correntes e por fim me ajudar na escolha por uma delas, as infos são muito pulverizadas. (Se me permite uma analogia simplista, seria como um adolescente querendo ingressar na faculdade e para decidir qual curso matricular, precisaria entender a finalidade de cada curso e o campo de atuação, me entende? não é fácil). Sou membro de uma ordem na qual prefiro não mencionar o nome por questão de ética, pois eu esperava muito mais objetividade e dinamismo. Muitas
        vezes me senti atraído em afiliar me na AMORC. Por gentileza gostaria de sua orientação para encontrar minha vocação em determinada corrente. Creio que vc tem o meu email registrado no post, agradeceria muito.

        • LM says:

          Se puder colocar nos comentários para mais gente por favor.

          • Guilherme says:

            Olá Admin,

            Gostaria, assim como o Adriano, receber uma orientação vocacional e orientação sobre as vertentes disponíveis no mundo iniciático. Existe muita informação na internet, mas não sei no que confiar e/ou acreditar. Sua ajuda seria de grande valia.

            Grato.

  6. Felipe Aureliano says:

    Voto por deixar assim mesmo, e faço minhas as palavras do Rafael. As vezes quero perguntar sobre algo do universo satânico, mas imagino que você virá a falar disso, em algum momento.

  7. Carolina Galan says:

    O conteúdo e tamanho dos textos estão ótimos, parabéns pelo blog!
    Inclusive este último com uma contextualização dentro da filosofia mais “acadêmica”, acho esta base muito importante.

    Outro comentário em relação a descrição dos caminhos, andei pensando que a maneira como os encaro é a mesma como interpreto o mapa astral por exemplo, de certa maneira você já decidiu qual destes caminhos irá percorrer durante a vida, pode querer mudar é claro, mas vai ser muito mais fácil trilhar aquele pelo qual você sente mais afinidade, pois este irá proporcionar as experiências que você mesmo decidiu passar para complementar a sua evolução. Por isso não vejo como haver um demérito em seguir um caminho ou outro, o “certo” é àquele no qual você se encontra, certo?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      De fato (e, independente do motivo) não há mesmo qualquer demérito em escolher um caminho, em detrimento do outro.

      Eu concordo com o fato de escolhermos nosso caminho durante a vida (mesmo que isso não aconteça de forma consciente), mas não diria que o “certo” é aquele em que você se encontra. Afinal, é possível encontrar pessoas que passaram do Caminho da Mão Esquerda para o Caminho da Mão Direita. E, se você procurar bem, talvez conheça alguém nessa situação.

      O contrário é bem mais difícil mas, ainda sim, não é impossível.

  8. Adriano says:

    Apenas um ponto de vista que tenho: existem muitas pessoas com perfil e qualificações que poderiam ser membros de determinas ordens, mas nunca o serão pois dependem de serem indicados e se não conhecerem algum membro para tal, então não há esperança alguma . Não há politica que permite as pessoas se “candidatarem” e serem avaliados se de fato são merecedoras.
    Quisera nosso mundo pluralista estabelecer outras ordens que apresentam as portas abertas para aqueles com sede do saber.

    Um abraço fraterno!

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Mas existem sim. Nem todas são como a Maçonaria (que exigem indicação). Muitas você pode solicitar admissão. Algumas são até muito simples, sendo necessário apenas preencher um formulário (como no caso da Rosacruz AMORC), e isso não diminui a credibilidade da Ordem em nada.

      • Jorge Noel says:

        Mas esse requisito de indicação na Maçonaria enquanto prioridade é mais no Brasil e nos países latino-americanos. Não que nos demais países não haja indicação, mas nos demais países – como os Estados Unidos, por exemplo, o “candidato” não precisa necessariamente de padrinho, sendo que ele mesmo pode procurar até mesmo a loja mais próxima e demonstrar o seu interesse e ser avaliado e aceito da mesma forma que um “indicado”. Ou seja, se não fui muito claro, quero dizer que a indicação de um maçom por lá não é o requisito principal e garantia de alguém ser iniciado, inclusive há até propagandas para a admissão na maçonaria, e nem por isso é uma maçonaria espúria.

  9. Matheus says:

    Como Satanista devo dizer que achei sua proposta até aqui muito interessante. A exploração dos temas que influenciaram o satanismo será de muita contribuição para os estudiosos do caminho da mão esquerdal. Também gostei muito do que li sobre a maçonaria. Encontrei o Blog na quinta e já li todos os 17 posts.

  10. Carlos says:

    Tenho uma pergunta.

    Os satanistas estudam os pontos fracos da igreja? Se sim, onde posso encontrar um bom material que resuma tudo isso?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Caríssimo,

      Muitos estudam sim, mas não sei se eu chamaria de “pontos fracos”. E, não dá pra dizer que é regra.

      Bem, não existe esse material. Na verdade, vejo muita gente que procura um ou outro livro que estejam nesses “moldes”, mas não é tão simples assim. Pra entender a nível mais profundo, é realmente necessário gastar um bom tempo da sua vida para isso.

  11. Lenon says:

    Não saiu do tom não, e de certa forma incita as pessoas a procurarem saber (não só no caso de serem Satanistas) mais sobre as influências de determinada ordem, religião etc para entendê-la melhor.

    No mais, eu li duas vezes para entender e depois de pesquisar (ok, ler um artigo da Wikipédia não é pesquisar) entendi (ou não) o que é existencialismo. Demorei para entender “a existência precede a essência”, mesmo com sua explicação super didática. =D

    Até a próxima Admin!

    P.s.: É Admin porque esse é o usuário padrão do WordPress mesmo ou é proposital? De qualquer forma acho que “pegou” esse nome, e é até legal.

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Fico feliz que tenha sido possível compreender o conceito. A filosofia exige esse nível de reflexão (e, acredite, se estivéssemos tratando de uma Corrente de Pensamento, inteira, exigiria um esforço bem maior).

      Então, era usuário padrão mesmo, mas acabou pegando sim, por isso quando fui trocar (sim, eu troquei ontem) mantive o Admin depois do “Maçonaria e Satanismo”.

  12. Lenon says:

    Acabei de notar que agora é “Maçonaria e Satanismo (admin)”, na última vez que vi era só “admin” mas isso nem importa muito. Até. =/

  13. Jorge Noel says:

    Caro amigo Admin (agradeço a sua alcunha de “amigo” à minha pessoa),

    muito interessante sua exposição sobre a corrente filosófica do Existencialismo, agora a minha dúvida não tem tanto a ver com esta postagem, mas vamos lá. Se o critério metafísico para se entrar na Maçonaria é a crença em um Princípio Superior e a imortalidade da alma, como que o satanista – um exemplo seria o seu caso como ex-satanista, pode conciliar suas crenças pessoais muitas vezes de cunho niilista com os princípios de admissão na Maçonaria? No caso da crença em um Princípio Superior, você mesmo disse que para o satanista Deus seria essa força impessoal que traz o equilíbrio em um universo que a priori tende ao caos, mas e quanto à imortalidade da alma?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Não há porque, meu Irmão… Você já é um grande contribuidor do Blog, já considero um amigo…

      Com relação a pergunta, temos que lembrar que a questão da “imortalidade” da alma dependerá, exclusivamente, de quais Landmarks estarão sendo usados como base (afinal, nem todos usam as Landmarks de Mackey). A própria Constituição Maçonica do GOB (e da maioria das Grandes Lojas) consta como requisito a crença na “existencia de um princípio criador”, mas não sobre a “imortalidade da alma”.

      Mas, ignorando esse fato, não haveria nenhum problema. O Satanismo não trata dessa questão. Ele (o satanista) poderia, tranquilamente, acreditar que as “almas” vão para algum lugar, ou que ela se funde ao todo, no pós-morte. É uma questão particular, para cada Satanista.

      No caso de se tratar de um “Maçon Satanista”, ele apenas teria que admitir a “imortalidade da alma” – o que não iria contra os seus preceitos.

  14. Eu Ler Todos Os Posts !!!
    Você Acredita O “Satanismo” Moderno De LaVey Ter Realmente Alguma Importância ???
    Acredito Que Para Este Tema : Maçonaria & “Satanismo” Deveria Ter Algum Conteúdo Sobre Satanismo Tradicional !!!
    Algo Sobre O Satanismo Anti Cósmico !!!
    Order Of Nine Angles !!! The Black Book Of Satan !!!
    Em Minha Sincera Opinião Estás Apresentando Um “Satanismo” Fútil Aqui !!!
    O Verdadeiro Satanismo Ser Muito Mais Profundo & Complexo !!!
    Me Perdoe !!! Ser Apenas Minha Sincera Opinião !!!
    O “Satanismo” De LaVey Ser Apenas Uma Reciclagem De Fragmentos Do Verdadeiro Satanismo !!!

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      (Esse Blog está chegando a muitas partes do mundo, hein)

      Meu caro,

      Se você acha tudo isso, porque então o seu Blog (ou o Blog do Link que você associou ao seu nome) fala do Satanismo de LaVey, como referência? No mais, você tem todo o direito a sua opinião, entretanto, a ONA não tem nada de Tradicional (nem o nome). Inclusive, tirando o fato de que se trata de um “Satanismo Hitlerista”, ela utiliza CLARAMENTE, em sua filosofia, a Doutrina de LaVey (e mistura com outras coisas).

  15. Minha Crítica Se Refere Apenas À LaVey !!!
    Todo O Conteúdo Do Teu Blog Está Ótimo !!!

    Ser Realmente Meu Blog !!!
    Com Alguns “Conceitos Satânicos” !!!
    Por Este Motivo O “Satanismo” De LaVey Esta Lá !!!
    Para Mim Ser “Conceitos Satânicos” Apenas !!!
    No Entanto O Verdadeiro Satanismo Existe !!!

    Teu Blog Ser Excelente !!!
    Parabéns Por Teu Trabalho !!!

    Me Decepcionei Por Que Sobre Satanismo Encontrei Apenas LaVey Como Referência !!! Então Postei Minha Visão Pessoal Sobre Este Fato !!!

  16. raph says:

    Eu não acho que a Filosofia o fará perder leitores, muito pelo contrário… Principalmente em se tratando da Filosofia em sua origem, em Parmênides e outros pré-socráticos, em Sócrates e Platão, nos estóicos e neo-platônicos, e provavelmente até Espinosa e mesmo Nietzche; em suma, uma Filosofia ainda conectada a Espiritualidade ou ao menos a Poesia.

    Abs
    raph

  17. Leonardo R. A. says:

    Poderia em algum momento postar quais os outros “tipos de Satanismo” e suas diferenças?

    Existe alguma seita satanista que cultua uma entidade supostamente malígna? Ou com o arquétipo de Lúcifer da “divina comédia” de Dante? Existe mesmo? Formalmente ou apenas um bando de pessoas mal intencionadas? Se sim, qual o objetivo e conceitos?

    • Maçonaria e Satanismo (admin) says:

      Vou falar delas também, o que, pelo visto, será bem antes do que eu gostaria (já que tantas pessoas estão pedindo).

  18. Franco-Atirador says:

    PODE até ser que a alma exista, mas não influencie em nada o comportamento do futuro ser, sendo a genética e o ambiente os responsáveis por isso. Sabemos que o homem é um vaso, porém, após esse post e muita reflexão a respeito dessas idéias é possível ver o quanto somos maleáveis, coisa que a neurociência vem confirmando cada dia mais. Como o próprio Nietzsche disse: “O interessante no homem é que ele é uma ponte, entre o animal e o super-homem”. E podemos definir cultura como nosso sistema operacional.

  19. Franco-Atirador says:

    Aproveitando a figura do post, vc poderia explicar (ou, talvez, produziu um post específico, se a coisa for muito complexa) o número 666?

    Valeu mais uma vez!

  20. ivo says:

    Gosto muito de ler. Portanto, quanto mais extenso o texto, para mim, melhor. Gostaria que disponibilizasse a Biblia Satanica para download. agradeco de antemao

  21. BOLODÓROS says:

    GARANTINDO MEU EXISTÊNCIALISMO. QUERO ANONIMAMENTE DIZER QUE PREOCUPAR-SE COM A VIDA APÓS A MORTE NÃO É O CAMINHO MAIS LÓGICO, RACIONAL E JUSTO. PERGUNTO VC REALMENTE QUER MELHORAR EM ALGUM PONTO DE SUA VIDA POR QUAL MOTIVO?
    PERCEBEU QUE ESTA SE FERRANDO?
    PERCEBEU QUE IRÁ CONSEGUIR TER FACILIDADES NA VIDA E UM FUTURO MELHOR.
    ESTA COM MEDO DO FUTURO?
    OU REALMENTE VC É TÃO NOBRE A PONTO DE VER O TRABALHO A QUAL O CRIADOR DEIXOU POR INCOMPLETO, A QUAL TERÁ QUE ASSUMIR QUE É UM ANIMAL, QUE PARA EVOLUCIONAR TERÁ QUE DOMINAR A MATÉRIA, QUE SE ACREDITA EM ESPÍRITO IRA USAR TODA SUA RAZÃO POR UM MUNDO MELHOR E ISSO SIGNIFIQUE DEIXAR DE FAZER UM MONTE DE COISAS QUE DÃO PRAZER. TERÁ UM COMICHÃO LHE IMPELINDO A FAZER COISAS QUE NÃO QUER FAZER. PERCEBEU QUE SUAS VONTADES HUMANAS SÃO TOTALMENTE CONTRARIAS A UM MUNDO RACIONAL. VC CONSEGUE VER SEU PRÓXIMO ALÉM DE SEU PROPRIO UMBIGO. SENDO HUMANO VC USA EMPATIA. VC RECONHECE QUE TEM VALORES MUITO SUPERIORES A MAIORIA? É POR ISSO QUE DESEJA MUDAR?

    SE SIM, ACHO QUE VC NÃO É MAIS UM MERCENÁRIO.
    VC VAI A IGREJA PARA ENCONTRAR UMA MULHER COM UM CARATER MELHOR QUE A MAIORIA? ESTRATÉGIA SUJA PARA FINS BENÉFICOS.
    VC APRENDEU QUE AS VEZES OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS?
    APRENDEU QUE A ARTE DE MENTIR É NECESSÁRIA PARA SOBREVIVER ENTRE ELES?
    APRENDEU A SER UM ANJO DE LUZ COM APARÊNCIA DUVIDOSA.
    VC FALA O QUE CONVEM PARA SE DAR BEM E FAZER DO DINHEIRO ALGO ABENÇOADO?
    ACHA MESMO QUE NÃO PERTENCE A ESTE MUNDO?
    PORQUÊ VC NÃO GOSTA DAQUI?
    SIM VC GOSTA.
    MAS VC NÃO ENTENDE.
    SE SENTE ASSIM AS VEZES.
    SENTE QUE PODE FAZER TUDO SER MELHOR E NÃO SABE COMO?
    VIVE SE PERGUNTANDO PORQUE ESTOU AQUI?
    PORQUE ESTOU FAZENDO ESSE TRABALHO MEDIOCRE SE POSSO CONQUISTAR O MUNDO?
    É FAÇA PERGUNTAS, E NÃO ACEITE AS VERADDES.
    CAIA DE PONTA CABEÇA EM SEU MUNDO ONDE TODOS SÓ SABEM SUBIR E DESÇA ATÉ AOS INFERNOS PARA CONSPIRAR TUAS VERDADES.
    SEJA POR VC MESMO TEU MESTRE, E RECONHEÇA A LUZ QUANDO A VER.
    NÃO TENHA PENA, TENHA CORAGEM.
    NÃO CHORE JAMAIS PELO SOFRIMENTO ALHEIO, POIS PARA NADA SERVE.
    TENHA CORAGEM PARA SUPORTAR TEU DESTINO.
    SALVE SATANAS SE É O MESMO DESDE O PRINCIPIO, E ME FAVOREÇA. POIS EU SOU O MESMO DESDE O PRINCIPIO. EU SOU DESDE MINHA CRIAÇÃO. EXISTO.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>