Satanismo – Existiu Um Satanismo Pré-Cristão?

No último Post da categoria (Demonologia e a Raiz do Satanismo), eu pude tratar um pouco das origens da Filosofia Satânica (que tem seu início na Arte, a partir da Idade Média Baixa) e não na Demonologia (como muitas pessoas acreditam).

Além do fato de que iremos tratar com mais profundidade os pontos dessa filosofia, também vamos tratar dos outros elementos que não estão diretamente ligados a Filosofia do Satanismo mas que são elementos importantes dentro das práticas Satânicas.

Partindo disso, vamos voltar muito antes do período medieval e falar do período pré-cristão e da relação dos personagens mais antigos com a figura de Satan (dos quais, futuramente, eu falarei um por um). E o que quero falar aqui hoje é sobre uma afirmação que também é muito comum de se ouvir, acerca das origens do Satanismo.

Trata-se da afirmação de que o Satanismo tem origens em outros “Deuses” que apresentavam as características de Satan.

As perguntas mais comuns que ouço quando começo a tratar desse tema são:

  1. “Se o Satanismo é uma filosofia baseado em Satan, por que tratamos de vários outros personagens?”
  2. “Se tudo começa da Idade Média, como é possível começar a estabelecer um Satanismo no período pré-cristão?”

Pois bem, se você já é um Satanista estudioso e atuante, certamente, já sabe como isso aconteceu, mas se não é o caso, vamos acompanhar comigo…

Esse processo, diferente do Post anterior, se deu “de frente para trás”. A Filosofia Satânica foi se desenvolvendo até que, em um determinado momento, ela tomou as formas que conhecemos hoje, se tornando Seitas (como o Satanismo de LaVey) ou Ordens, como diversos movimentos satânicos que temos por aí.

Depois que todas essas instituições (juntamente com a Filosofia Satânica) se estabeleceram, começou a se procurar, no passado, outros personagens que tivessem as características de Satan. A partir daí, personagens como Seth começaram a aparecer como uma representatividade de Satan. E essa é uma das discussões que ocorrem acerca das Tradições do Satanismo – e é difícil, na maioria das vezes, saber quem realmente está certo em uma discussão assim. Vou explicar o porquê:

Os fatos são que, no passado pré-cristão, não havia nenhum tipo de culto satânico ou que se relacionasse a tal, mas isso pode ser dito de várias formas de maneira que o entendimento (ou a forma de se tratar o assunto) possa ser prejudicado e uma imagem errada pode ser passada.

Se você acompanha esse Blog, provavelmente já entendeu onde eu quero chegar. Vamos a alguns exemplos:

Seth, um dos Deuses do Antigo Egito, passou a ser considerado um dos personagens mais representativos da imagem de Satan, no entanto, como eu já dizia, isso não acontecia na época de Seth nem dos Cultos prestados a Seth (obviamente, nenhum deles se achava “satanista”). Portanto, o quanto é válido dizer que aqueles que praticavam os Cultos de Seth eram Satanistas?

De um lado, pode ser alegado que “sim”, já que, independente dos próprios membros se darem ou não essa definição, eles se encaixariam nela a partir do momento que essas definições foram estabelecidas. Mas é justo isso?

Seria justo taxar Nietzsche como Satanista?

Será que ele gostaria de ser taxado como Satanista mesmo que ele conhecesse bem a definição e as correntes satânicas? Talvez sim, talvez não! Mas a verdade é que não cabe a nós afirmar que Nietzsche era ou não um Satanista.

Foi por isso que, no último Post da categoria, foi preciso lembrar que “apenas a própria pessoa pode responder se é ou não Satanista, já que apenas ela pode dizer se considera verdadeiro os princípios do Satanismo (…)Devido a isso, discussões sobre “se alguém é verdadeiramente satanista ou não”, não fazem o menor sentido. O que é possível é discutir os preceitos, os princípios e etc.

Da mesma forma, isso é válido para aqueles que praticavam os cultos sethianos ou de qualquer outra natureza que hoje passou a ser considerada Satânica.

A grande maioria dos personagens/deuses que hoje são tidos como representações de Satan tiveram seus próprios seguidores e cultos e não seria justo taxar todos eles como Satanistas, todavia, nada impede que isso seja dito quando explicado da forma correta. É por isso que essa questão pode criar desentendimentos.

Imagine que alguém nada familiarizado com o Satanismo pegue um livro sobre Satanismo e nesse livro conte sobre os vários personagens que detém os elementos de Satan e sobre vários cultos e filosofias que “deram origem” ao Satanismo.

Ele poderia ficar com a impressão de que foi tudo plenamente calculado até que, durante o decorrer da história, se tornassem as Correntes Satanistas que temos hoje. A partir disso, o que o impediria de passar adiante (dessa forma) essa informação?

E se ele fosse questionado por alguém que afirmasse que esses cultos nada tem a ver com o Satanismo?

Bem, estará certo quem colocar o seu ponto de vista de maneira mais clara, afinal de contas, ninguém estará realmente errado. Afinal de contas, há uma Tradição Satanista que continha o pensamento que foi utilizado pelos Satanistas, mas que nunca se tratou de um “segmento satanista” que se desenvolveu conscientemente ao longo dos anos.

O “Princípio de Liberdade” no Satanismo

No próximo Post, que terá como tema a diferença essencial entre o “Satanismo Tradicional” e o “Satanismo Moderno”, ficará bem claro algo que quero iniciar aqui, que é o elemento principal que define a figura de Satan.

Ao falarmos de Satan e dos elementos que o definem (e consequentemente o Satanismo), é natural pensarmos em duas coisas: Primeiro, na ideia de “oposição” e, em segundo, na ideia do “antropocentrismo” (tendo o homem como o centro das atenções – que se converte na ideia do homem como sendo seu próprio Deus).

Essas ideias estão realmente de acordo, no entanto, a essência que leva a existência dessas características está um pouco mais além. A sentença-chave que define isso eu deixarei para o próximo Post da categoria, mas agora falarei da ideia de “Liberdade”, que é uma das características que está por trás das concepções que temos sobre a figura de Satan.

A concepção do ideal de liberdade é suficiente para visualizarmos os dois pontos mencionados acima como consequência desse processo. Podemos enxergar, em ambos os casos, o ideal de liberdade por trás deles.

Colocando assim, em texto corrido, talvez não seja possível enxergar claramente o quanto essa ideia simples é capaz de mudar toda uma concepção de universo. Portanto, coloco abaixo as palavras de um poeta que merecerá um Post exclusivo durante essa série sobre a Tradição do Satanismo:

“É necessário estar sempre bêbado.

Tudo se reduz a isso; eis o único problema.

Para não sentirdes o horrível fardo do Tempo, que vos abate e vos faz pender para a terra, é preciso que vos embriagueis sem cessar.

Mas de quê? De vinho, de poesia ou de virtude, a vossa escolha.

Contanto que vos embriagueis.

E, se algumas vezes, nos degraus de um palácio, na verde relva de um fosso, na desolada solidão do vosso quarto, despertardes, com a embriaguez já atenuada ou desaparecida, perguntai ao vento, à onda, à estrela, ao pássaro, ao relógio, a tudo o que foge, a tudo o que geme, a tudo o que rola, a tudo o que canta, a tudo o que fala, perguntai-lhes que horas são; e o vento, e a vaga, e a estrela, e o pássaro, e o relógio, hão de vos responder: É hora de se embriagar!

Para não serdes os martirizados escravos do Tempo, embriagai-vos; embriagai-vos sem tréguas!

De vinho, de poesia ou de virtude, a vossa escolha.”

Talvez você esteja se perguntando: “Mas o que essas palavras têm de especial nessa questão?”

Pois bem, em resposta, eu lhe pergunto: “Se você é cristão, ou tem qualquer outra religião com um ‘Deus que recompensa um comportamento ditado por livros sagrados’, cujos preceitos não estão abertos para debate, por que você se preocuparia se você é ‘escravo do tempo’ (como o poema coloca)?”

Uma reflexão sobre o “fardo do tempo” fala de uma vida sem a perspectiva de uma vida após a morte. Muito menos de uma vida após a morte num lindo céu povoado por homens de bem que foram aceitos por um comportamento pré-definido por esse Deus.

Quando se mantém um pensamento livre, opositor e no qual o homem é o centro das atenções, você passa a encarar a possibilidade de que talvez a sua consciência não exista após a morte. E, se você considera isso de forma verdadeira, a sua forma de encarar a vida será completamente diferente.

Como você pode ver, trabalhar com os preceitos satanistas pode ser mais impactante na sua vida do que muitos imaginam – mas deixemos isso para o próximo Post!

This entry was posted in Satanismo. Bookmark the permalink.

17 Responses to Satanismo – Existiu Um Satanismo Pré-Cristão?

  1. Paulo Ricardo says:

    Ótimo poema, excelente post!

  2. Victor says:

    Olá admin, excelente texto como sempre, uma curiosidade: Você assume a sua posição como satanista abertamente para as pessoas de seu convívio ? Se sim, como foi se declarar satanista ?
    Sei que não é a proposta do blog, mas um post contando sua experiência no satanismo seria bem interessante.

    Abraços

  3. Thierrie Magno says:

    Caro, Admim.

    Mais uma vez, um post com clareza e grande conteúdo filosófico. Eu sempre vi a “Satanização” de qualquer religião, seita ou grupo filosófico que não pertencessem à linha cristã como algo demasiadamente perigoso. Não podemos “satanizar” tudo! Muitas pessoas acreditam que se algo não está ligado à sua Igreja, à sua Fé ou ao seu modo de pensar; está, consecutivamente, ligado ao Satanismo.

    Satanismo é outra história.

    Ao ler o seu post, começo a perceber que as representações do personagem Satan pode, a partir da linha filosófica e da crença da pessoa, tem as mais diversas origens. Algo que nos leva a não criar generalizações. Como você mesmo falou:“apenas a própria pessoa pode responder se é ou não Satanista, já que apenas ela pode dizer se considera verdadeiro os princípios do Satanismo (…)Devido a isso, discussões sobre “se alguém é verdadeiramente satanista ou não”, não fazem o menor sentido. O que é possível é discutir os preceitos, os princípios e etc.”

    Cada vez mais ao ler seu blog, fico mais esclarecido Tanto sobre o Satanismo quanto sobre a Maçonaria. Eu sou kardecista, porém sou apaixonado por várias outras religiões – em especial Budismo, Wicca, Luciferianismo, Satanismo e Afrorreligiões, e dede o momento que comecei a ler seus posts, minhas convicções religiosas se tornam cada vez mais firmes. Espero que continue seu trabalho repartindo sebedoria, inteligência com todos nós.

  4. Dani says:

    Os caminhos podem ser muitos, o problema é sabermos de fato onde eles irão nos levar, ou onde nós próprios nos estamos levando através deles.

    Como psicóloga e satanista, posso dizer sem sombra de dúvida que o caminho da mão esquerda é o mais perigoso de todos, pois é o mais fácil de se perder.

    Enquanto no caminho da direita, caso vc se dê mal, sempre poderá culpar alguém ou alguma Instituição por ter seguido o que a cartilha deles rezava, no da esquerda, o único responsável é você.

    Quando apostamos nossas fichas em nós mesmos, nunca sabemos com certeza de onde vem esse nós (cultura, sociedade, valores e etc), tampouco os “nós” que os humanos foram dando nessa imensa corda chamada existência.

  5. Dani says:

    Posso saber pq meu comentário foi censurado?

    • Dani says:

      ah me desculpe, qdo olhei ele tinha sumido e agora ao postar a pergunta, vi que ele apareceu…

      Vai ve ele estava perdido no plano mental, rsrsrsrsrsrs

  6. Bruce says:

    O autor está disponível para palestras?

  7. Willy says:

    Você já fez um post / ou comentou sobre Baphometh?
    Se não, poderia fazer um post?
    Se sim, poderia passar o post?

  8. ivo says:

    Olá Dani, este pequeno incidente me fez rir, pois suas palavras se perderam. Se voce nao fosse satanista, tal fato a desmentiria, afinal, como disse, no caminho da mao esquerda e facil se perder. Foi o que aconteceu com seu texto. De qualquer forma, ele se achou. Caro Admin, este post me fez lembrar de um outro onde vc fala sobre a suposta linha sucessoria da Maçonaria. Isto certamente poderia acontecer no caso do Satanismo, estou certo? Alguem poderia achar que o mesmo é milenar…que Moises foi satanista e bla, bla, bla…Mas sua claras elucidacoes impedem qualquer equivoco.

  9. Dani says:

    kkkkkkkkkkkkkk, verdade Ivo

  10. Felipe says:

    Caramba, tinha meio que esquecido do blog e voltei a ler essa semana. Estou relendo todos os posts pra não perder a linha de raciocínio e vim ver a data do último post. To longe ainda viu, to no post de 02/03/2012, mas como sempre, o conteúdo vale a pena demais.

    Grande abraço!

  11. O questionador says:

    Apesar de minha pergunta não ter muito haver com o post,gostaria de saber sua opinião : já é mais do que claro que jesus o “bem” e satan é o “mal” e que o “deus” (jeová) é tanto mal como bom então seria a igreja algo criado por pessoas que escolheram só o bem e tentam nos iludir com a figura de deus de só amor ?

  12. BOLODÓROS says:

    Prezado(s)

    Assim com Toninho do Capeta, Inri Cristi, Silas Malafaia ou qualquer outro bolodóroleador se assim posso dizer, temos todos o direito e o dever de questionar os fatos. Afinal ninguém ouviu o lado do Capeta. O capeta jamais se defendeu de todas as acusações que o profanam. Vou lhes contar algo. Bem, é interessante saber como pensam as pessoas. Pelo menos para mim. Gostei do Tema tratado, mas no entanto faço uma pergunta? Quem sou eu para defender ou acusar, para instaurar a verdade ou desmistificar a mentira? De um ponto de vista prático, acredito que não pensar em Deus e nem no que se refere depois da morte lhe pouparia mais tempo sobre outras coisas mais relevantes para nossa época. Afinal, nem Deus nem o Diabo descem aqui para resolver a infindável questão. Sendo sincero comigo mesmo, eu odiaria o criador se soubesse que eu não existiria mais depois à morte, e gostaria que ele fosse assasinado também. Fui um cristão devotado, e de tanto ler a Bíblia, hoje detesto Jeová e o planos diabólicos de Jesus. Afinal eu não quero ser um robô idiota que louva a Deus 24 horas como hipótese de meu destino, ou ser um servo escravo de ordens mediocres e idiotas. Já caguei na biblia, mijei e queimei. Considere-me o um Satanista, já que sou meu próprio deus e não preciso concordar com ninguém. Acredito até que sendo um santanista desvinculado de todo satanismo moderno eu seja mais feliz, já que prefiro acreditar em tudo que não posso provar como hipótese e não verdade. Considerações finais. Agradeço ao dono do blog. Parabéns. E continuo dizendo. Satanás é bom e veio para trazer felicidade e harmonia. Já que nossa oposição ao Deus da bíblia se manifeste em tempo de não se expor e de perceber que esse não é o momento para a guerra. Deixe os deuses se matarem um pouco também.

  13. anonimo says:

    primeiramente boa noite pois creio que a maioria vai ler isso anoite, dei uma entrada nesse site para saber como anda a mente dos humanos ultimamente de respeito a religiao. ¹ desculpe pelo portugues nao quis ficar pondo ponto em tudo ou acento…
    peço para que voces ler este poste pelo menos daqui pra frente. O mundo quando se falamos nesse mundo muitos ficam pensando a respeito das religiao ja que existe A bibllia e fala só sobre Deus-Jesus cristo. certo mais como A biblia mesmo diz, Deus o unico poderoso para faser oque quiser e poder nos dar tudo que queremos e precisamos, criou o mundo e todas as coisas que nele existe e sim criou o Homem. e Asim deixou uma regra para os digamos humanos essa regra era nao comer do fruto proibido certo?.. agora depois voltamos a falar de Deus, reparei que teve jente que postou que diabo é bom… como feito uma regra do fruto proibido o diabo conduzio o enganando Adão e Eva a comer do fruto proibido e o fez comer sim ele disse a verdade que se comeres eles iria saber da verdade e isso que éra proibido sabendo da verdade nao haveria mais santidade entao desde A.C o diabo tem feito coisas proibida tanto como foi um anjo que tentou ser maior que Deus e foi expuso do Céu , agora voltando percebi que tambem comentaro que Deus ou Diabo nao desce a terra para esclarecer a verdade. Obivio,Deus jamais precisara de algum homem e sim nois precisamos dele para tudo e oque ele quer de nois é que nois o amasse e o adorasse e seguisse as leis dele e oque nois pedirmos ele nos dara mais ele deiou para nois o livre arbitrio entao por isso aparece muitos que da a costa para deus Desde quando deus o enviou seu filho Jesus Cristo para terra para falar a verdade sobre a religiao. e deus ainda os perdoa. mais como ele o deixou livre arbitrio nao sou eu que posso les obrigar a ver a verdade e parar de tentar fingir que é ao contrario diabo ou outro deuses nao tem nada nem para eles mesmo tem oque Deus o permite pela misericordia dele. mais mesmo assim tem Jente que quer acreditar que ele pode le dar alguma coisa !! Espero que todos os que comentou nesse post possa ler antes que o Admin exclua esse post. mais tambem espero que voces acredite em Deus pois ele é o unico imcomparavel poderoso e dono de tudo oque existe e oque nao existe. se existe uma palavra fé ja e para que nao precisamos que Deus desça para terra mostrando que ele é unico. nao quer acreditar em Deus? tudo bem deus tende misericordia de voce mais no juizo final Deus irá mostrar esse meu post e a oportunidade que Você esta tendo para se converter e aceitar Deus como seu pai e seu unico salvador. ate mais e espero que todos possa abrir os olhos espirituais e ver que esses deuses nao pode nos dar nada. somente Deus-Jesus Cristo vivo.
    se voce nao conhece historia de Deus Assim como voce procura na internet sobre satanismo voce pode por sobre biblia té proxima e valeu Abraços e pense bem.
    novamente desculpe pelo erros de portugues mais nao quis usar um scrip para fazer ortografia nesse texto. Fui . DEUS É FIEL -JESUS CRISTO ONTEM HOJE E AMANHÃ

  14. Cristiano says:

    Tem alguém procurando por você
    Há muito tempo ele vem tentando falar com você, pois ele te conhece muito bem e sabe que você precisa muito dele. Sua história não é estranha para ele, cada decisão que você tomou na vida e cada acontecimento ele tem acompanhado.

    Ele sabe que sua vida está um pouco corrida e que você não tem parado muito para ouví-lo, mas ele não desistiu de falar com você e sinceramente, pelo que conheço dele não vai desistir.

    Há um detalhe muito importante que preciso te falar a respeito dele, diferente de muitas pessoas que você conhece, ele não é invasivo, não vai te colocar na parede para ouví-lo nem vai desrespeitar a sua decisão.

    Mas o assunto é sério e urgente! É caso de vida ou morte, por isto você precisa ouví-lo atentamente pois as suas palavras irão dar sentido a sua vida e certamente você nunca mais será o mesmo.

    Mas quem é ele?
    O seu nome é Jesus, o filho de Deus, que morreu na cruz do calvário para pagar os seus pecados e te dar a vida eterna. O maior exercício de amor é oferecer a sua própria vida em favor de outro e isto foi o que Jesus fez por você.

    Agora que você já sabe quem ele é o que ele quer te dar, não hesite em ouvir a sua voz e prontamente atender ao seu chamado, pois a palavra de Deus diz em
    Hebreus 3.7-8:
    Se ouvires hoje a sua voz, não endureçais os vossos corações.

  15. CRIS says:

    Mas Deus demonstra seu amor por nós: Cristo morreu em nosso favor quando ainda éramos pecadores.
    Romanos 5:8
    Jesus levou sobre si nossas dores, Jesus foi “Homem de Dores”. Ele sabe o que é se sentir deprimido e decepcionado, Ele sabe o que é ser abandonado, covardemente traído, injustamente acusado.

    Acredite. Não o Jesus da religião e nem o Jesus dos religiosos, mas no Jesus da Bíblia, o Jesus que cura, o Jesus que faz milagres, o Jesus QUE NÃO ESTÁ PRESO NO MADEIRO, POIS NEM A MORTE PODE DETÊ-LO.

    Ele quer sarar sua visão de quem És de verdade, e quer sarar sua visão da própria vida.

    Ele quer deixar de ser apenas um personagem religioso, de ‘histórias em quadrinhos’ e ser seu Salvador Pessoal, ser seu Refúgio, seu Conselheiro, seu Mestre…
    Acredite, há saída para você!!
    Que estas palavras possam fazer morada em seu coração e a diferença em sua vida!
    Busque uma igreja, onde pregue a PALAVRA DE DEUS, sem destorções, sem acrescentar nem tirar, para que aprenda mais do Senhor e viva em comunhão com o corpo de Cristo

  16. samuel de souza rocha says:

    quero saber se posso serum mason naci 21 09 1973

Leave a Reply to BOLODÓROS Cancel reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>